5 Dicas de estudos para 1ª fase do XXIII Exame da OAB

Compartilhe:

Cinco

A última prova da 1ª fase é recente, aplicada há menos de 10 dias. Acredito que este post serve para dois públicos: [1] para quem irá fazer pela 1ª vez o exame; [2] para quem irá refazer o exame. O prazo de 10 dias é um período satisfatório de respeitar o LUTO da reprovação. Momento que calados observamos a vitória dos outros e, inevitavelmente, comparamos porque não fomos nós os aprovados.

Não é inveja, mas avaliar o que fizemos de errado e o que os outros fizeram de certo.

Avaliar o que se fez errado também é um ponto de partida para quem irá prestar o exame pela 1ª vez. Fica como um ALERTA do que não pode cometer. Portanto, o texto serve para todos que irão realizar a 1ª FASE do XXIIIº Exame da OAB [e para todos outros Exames de Ordem].

Assim, reunimos 5 DICAS essenciais tanto para começar como para recomeçar os estudos para 1ª fase da OAB.

[=1=] AUTOAVALIAÇÃO – O coaching é um processo contínuo de avaliação do coachee, ou seja, aquele que precisa esclarecer seu próprio caminho. Através de perguntas poderosas formuladas pelo coach, vou enxergando a luz do final do túnel até alcançá-la. Em outras palavras, é a partir das suas respostas que serão direcionadas as perguntas. Mas você pode tentar chegar a elas através de uma autoavaliação. Neste caso específico, antes de iniciar a preparação em si, precisamos nos conhecer. E as perguntas do coach estarão nas questões da última prova da OAB. Resolva elas e o resultado indicará suas qualidades e defeitos. Não basta resolver, é importante avaliar. Tem dúvidas do resultado? Faça a antepenúltima prova e assim sucessivamente. Uma indicação de livro é Poder da Aprovação – Coaching e Mentoring para OAB e Concursos [clique aqui].

[=2=] INVESTIMENTO – Não só financeiramente, como na dedicação. Com os resultados em mãos (quais disciplinas estão bem, quais estão ruins), você investirá MAIOR tempo em resolver seus pontos fracos. Não adianta investir onde você já vai muito bem, precisa, estrategicamente, entender a “média” naquelas deficitárias, ou seja, que empurram seu escore para baixo do mínimo, ou seja, 50% de acertos no total de questões. Quanto à questão financeira, ela reflete em investir em livros novos, específicos para OAB, com questões comentadas e teoria unificada. Estudar com caderno ou apostila é totalmente perigoso, por isso ultrapassado. E gastar com um preparatório mais “em conta”, sem observar se aulas são atuais, se há envolvimento dos professores, pode sair bem caro porque vai ter que pagar de novo caso não ocorra a aprovação.

[=3=] MATERIAL DIDÁTICO – Ninguém em sã consciência vai entrar numa batalha sem um armamento seguro ou moderno. Para enfrentar a FGV, não basta o caderno da faculdade, nem apostilas da internet. 99,9% das apostilas não tem autoria, nem data de atualização. Você pode estar estudando com material ultrapassado e nem sabe disso. Hoje o mercado editorial é rico em opções, portanto, porque vai arriscar 3 meses que envolvem um exame da OAB? Quer uma sugestão? Completaço – Teoria Unificada e Questões Comentadas – Passe na OAB 1ª Fase FGV. [clique nos títulos e saiba mais]. Para quem deseja investir apenas em teoria, indico Manual Passe na OAB – Teoria Sistematizada. A FGV não vai ter chance alguma!

[=4=] MÉTODOS DE ESTUDOS – A ciência apontou, entre 10 métodos, aqueles dois com maior utilidade, resultado da pesquisa. Os melhores métodos são: RESOLVER QUESTÕES e ESTUDAR DE FORMA ANTECIPADA. Nunca foi tão importante a resolução de questões de provas anteriores, seja como autoavaliação, seja para otimizar o tempo com os estudos. Não existe conteúdo programático para 1ª fase, assim, resolvendo e avaliando questões de provas passadas você encontrará muitas conclusões em cada disciplina. O que posso lhe ajudar é indicando um livro de questões comentadas: Passe na OAB – Questões Comentadas FGV. Este livro já traz as questões divididas em disciplinas e temas, facilitando, assim, esta pesquisa. Sobre estudar de forma antecipada, sugiro um cronograma CAMPEÃO e que pode ser adequado às suas necessidades: duas disciplinas por dia, todos os dias da semana. Total: 14. E as outras 3? Ética, ECA e CDC deixe para última semana antes da prova. Quantas horas por dia? Vai depender da sua disponibilidade. Não precisa ser 8 horas, mas também com 1 hora diária não dá para engrenar qualquer coisa. A divisão entre as disciplinas depende de você: invista mais tempo na mais fraca.

[=5=] PREPARATÓRIO – Muita gente me pergunta “qual o melhor cursinho de OAB”. Realmente, “cursinho” eu não sei dizer, porque há tantos espalhados no país, sendo que a cada semana surge um novo e fecha outro. “Cursinho” no diminutivo é porque é “inho” mesmo. No entanto, há bons preparatórios [não cursinhos]. Também há plataformas, muito poucas, mas pode anotar, será tendência. Quer saber mais? Clique aqui e saiba mais!

Todas estas 5 dicas são melhores exploradas em outros ‘posts’ já publicados aqui no BLOG. Tem um campo para buscar todos estes assuntos, basta redigir ali, na coluna à direita no topo.

Por fim, para quem está reiniciando os estudos, importa descobrir o que aconteceu que não veio a aprovação desejada. Observe seus métodos. Compare não só com quem foi aprovado, pois muitas vezes não serve para você. Compare com as dicas acima. Analise a prova que você não foi aprovado. Descubra do porquê. Mantemos contato!

[atualizado em fevereiro de 2019]

Comentários

  1. Óticas dicas, já estou colocando-as em prática. Realmente, um livro com questões comentadas das provas anteriores é ótimo, pois assim vemos quais disciplinas e tópicos temos mais dificuldades para assim investir tempo em estudá-las com mais afinco.

  2. Adorei as dicas, hoje fiz o exame XXIII, foi a minha 1ª vez e, confesso que me abati diante daquela prova que mais parecia um monstro querendo me devorar, ainda mais depois de perceber que a FGV simplesmente tirou duas questões de ética e ambiental. Achei um desrespeito para com os candidatos. Contudo, não vou desistir, sigo acreditando que minha hora vai chegar .

    1. Ana, fico feliz que tenha gostado. Fizeste uma das piores provas na primeira oportunidade, lamento. Há muitas outras dicas aqui no blog. Bons estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *