Advogando no Brasil

Compartilhe:
Informação do site da OAB federal aponta para 635.710 advogados no país. E mais 83.481 estagiários (com a carteirinha da OAB). Os dados estão atualizados de 8 de fevereiro de 2009. 

Só no RS são 48.105 advogados. O número da carteira já ultrapassou a 70 mil há algum tempinho… Mas este número poderia ser beeeeeeeeem maior, considerando que no último Exame da OAB (03/2008) foram 4.922 mil inscritos (e imaginem quantos outros que são bacharéis em Direito mas não fizeram a prova por inúmeros motivos, dentre eles, de não querer ser advogado…).

Ou seja, advogar no Brasil é tarefa para MUITOS e oportunidades para POUCOS.

Conheço escritório em Porto Alegre que paga para advogado o valor de bolsa-auxílio de estágio para 8 horas de serviço. E se não está contente, a porta é serventia da casa, pois outros 10 estão correndo atrás de emprego!

Em SP concentram-se mais de 1/3 dos advogados de todo o país: 220.959.

Uma notícia catada de julho de 2006 da revista CONJUR apontava para 517 mil advogados no país, colocando o Brasil como o 3º no mundo em maior número de advogados (perdendo apenas para os EUA e Índia). O fato é que a matéria não trata em % de advogados e população, pois acredito que o Brasil é quem tem mais advogados por pessoa, já que os EUA e Índia tem população muito superior à nossa…

“Ser” advogado hoje em nosso país (leia-se ter clientela frequente) dever ser considerado como proeza para quem realmente exerce esta maravilhosa profissão, pois não basta mais ser “bom” no que se faz, tem que ser o “melhor” e isso inclui muitos custos, desde infraestrutura de escritório até o marketing permitido (e muitas vezes, não permitido, como rádio, tv, etc e tal).

Para finalizar, em sala de aula se pergunta: quantos continuarão, após conseguir a carteira, a profissão de advogado? E quantos seguirão concursos jurídicos? A resposta não precisa ser dita…

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *