Agora a principal preocupação: zerei a peça?

Depois de uma 2ª fase atípica, baseada em peças inéditas na maioria das disciplinas optativas, surge a maior dúvida: zerei a peça?

Para quem possa se antecipar e achar que essa dúvida trata de questões jurídicas, está enganado. Essa dúvida, 99% dos emails que recebi e comentários dos nossos internautas, gira em torno de “incidentes” durante a prova.

Vou citar alguns exemplos:

– “ao errar a palavra e ter que risca-la e escrever uma nova? Como deve-se proceder ? Eu risquei uma frase inteira e agora estou com medo de ter a prova zerada! Estou muito nervosa, pois acho que deveria ter riscado palavra por palavra!!!!”

– “fiz todo o cabeçalho sem colocar o “senhor”. Era uma besteira que nem precisa corrigir, mas fiz a besteira de querer faze-lo. Dai rabisquei (rasurei) toda o endereçamento que havia feito e coloquei em baixo o correto… dessa vez com todos os termos certinhos”.

– “Comecei minha peça normalmente, porém só no final da folha me atentei que havia me esquecido de colocar em desfavor da outra parte e qualificar.. como não tinha espaço para incluir tais informações. Fiz um risco na diagonal da primeira folha e refiz a peça a partir da segunda…”

A dúvida que persiste é quanto a uma possível identificação da peça. Caros, para ANULAREM uma peça precisa muito mais do que um rabisco ou refazer determinada parte ou incluir uma palavra depois de uma frase feita. A “arte” precisa ser muito bem definida, como colocar uma numeração, um nome que não existe no enunciado, uma descrição pormenorizada e desnecessária de um fato, enfim, precisa de certa “imaginação”.

Portanto, meus amigos, não sofram por antecipação.

ZERAR uma peça é algo ANORMAL. Pensem que algum erro ou omissão ocorrida na peça pode gerar apenas DESCONTO na pontuação. Já escrevi sobre isso em Como NÃO zerar a peça!

É difícil responder, no entanto, a pergunta de “quanto a banca poderá descontar” por algum deslize, mesmo que tenhamos uma ideia específica sobre a pontuação a determinados itens que se repetem em todas as peças.

Sobre o que já ouvi e li, acho que foi uma baita sacanagem a questão 4 da prova de CIVIL ao exigirem um posicionamento não sumulado do STJ. Realmente, estavam mal intencionados com a pergunta.

E sobre o uso “polêmico” do índice temático, ao final, os fiscais acabaram brigando também com os índices remissivos de TODOS os vade mecuns. Não sobrou nenhum incólume.


Caso seja necessário, fazemos recursos contra a decisão da banca, contatar pelo nosso email: mhdarocha@gmail.com


Compartilhe com seus amigos a dica da única plataforma de estudos que personaliza a preparação para Exame da OAB conforme as habilidades de cada aluno. Chegou Saraiva Aprova, a plataforma da Editora Saraiva. Clique na imagem e saiba mais!

Saraiva Aprova FB

Compartilhe:

Comentários

  1. É, foi justamente nisso que incorri, percebi que estava me comportando como advogado da empregada, quando na verdade do pedido de consignação não deveria está preocupado em especificar ponto a ponto os créditos rescisórios. Foi aí que risquei um parágrafo inteiro, estou super preocupado!

  2. Caríssimo,

    Na prova havia uma disposição no sentido de que os erros deveriam ser riscados com traço simples.

    Na minha ansiedade de matar a prova logo, fiz toda ela e só li esse dispositivo no final… (fui leviano, é claro)

    Assim, durante a prova, eu fiz alguns risco que não era simples, não cheguei a rabiscar a palabra, mas meus riscos definitivamente não eram traços simples.

    Neste caso, vc sabe me dizer se a comissão tem anulado prova? reputado alguma coisa no sentido de tentativa de identificação??

    1. Gustavo, não vejo razões para anular a prova por qualquer motivo que seja. Fique tranquilo. Boa sorte.

  3. Professor, fiz a prova em tributario e o enunciado estava muito confuso, já vi comentários de que poderia se umas 4 peças diferentes, caso a peça que eu tenha colocado esteja errada mas a fundamentação de mérito correta será se zero a prova?

    1. Livia, somente se a peça era um recurso e você fez outra coisa (ou vice-versa)… mesmo assim, é possível dada a fundamentação ganhar alguma pontuação. Vamos ver o que a banca irá dizer sobre a peça. Boa sorte.

  4. O pior para mim foi que na fundamentação esqueci de colocar “parágrafo único do 85”, que é o fundamento da peça… Estava muito confiante que iria passar no exame, mas infelizmente agora dependo MUITO das questões.

  5. Professor,
    fiz a prova de penal.
    Como era pra apresentar uma revisão criminal perante o TJMT, que é em Cuiabá, coloquei ao final assim:

    “Cuiabá, data…

    ADVOGADO…
    OAB nº”

    Posso zerar a peça?

      1. Obrigado, professor.
        Me disseram que poderia ser considerada identificação, mas li alguma coisa na internet que só seria identificação se colocasse uma cidade diversa do Tribunal onde eu estaria apresentando a ação. Procede?

        Obs.: Parabéns pelo site, descobri hoje e estou tirando muitas dúvidas. Tem página no facebook?

  6. Professor,
    No final da peça, me confundi as explicações e coloquei o município, data e advogado, entre aspas, como estava no exemplo:

    coloquei assim:

    “Município…”, “Data…”
    “Advogado…”

    1. Não está errado não. Fique tranquila. Descontos de nota podem acontecer, mas nada além de 0,5. Boa sorte.

      1. Qual o problema em colocar que havia pedido liminar? Isso não influi em nada!!

        Errado e desconto teria se você colocasse “antecipação de tutela”.. aí sim, houve um erro!

        É cada um viu!

  7. Professor,
    Na prova de penal fiz a peça certa, entretanto, fundamentei no artigo errado, por um erro material, deveria ser artigo 621 I e III, mas coloquei 626 I e III que nem existe.
    Zerei a peça???

  8. Acertei do que se trata a peça , porem na hora de fazer eu errei, mais acertei todas as questões tenho chance de passar ? errando a peça e acertando as questões?

    1. Polyana, somente um erro muito grave pode ocasionar o zero. Dependendo, está muito longe disso, no máximo, descontarem da tua peça. Boa sorte.

      1. e se acertar do que se trata a peça mais fugir do que se pede a peça ex : em vez de defender eu julguei isso cancela a peça inteira ? Obrigada !

  9. Professor quantos pontos o senhor acha q poderão tirar na peça de empresarial por ter fundamentado no 85 da Lei 11.101 e não no seu parágrafo único, to desesperado…
    Perder a chance de passar na Ordem por displicência é OSSO!!

  10. Professor, ha alguma chance de anular as questões 3 e 4 de Civil?? Caso não tenha alguma sumula pertinente aos assuntos abordados??? Perdi um tempao nessas duas questoes e nao achei nada a respeito…

    1. Flavio, nunca se anularam questões antes para prova de 2ª fase. Mas nesse caso, estou achando que é possível sim. Boa sorte.

  11. Prof., primeiro parabenizo pelo site e agradeço em nome de todos pelas respostas às nossas dúvidas nesse momento.
    E o livro “Passe na OAB”, questões comentadas, coordenado pelo Sr., ajudou-me nessa batalha.

    Gostaria da sua opinião, nessas minhas dúvidas:

    Fiz prova de penal, a fundamentação da rev. criminal é 621, III, do CPP. Eu coloquei “621, III, e 623 do CPP”, será que perco ponto?

    Outra: na 4ª, a resposta se fundamenta no art. 13, §2º, do CP – somente. Mas coloquei art. 13, § 2º, “b”, sendo o correto, a rigor, art. 13, § 2º, “a”… Será se terei alguma pontuação?

    E última: em todas as questões está previsto que a simples menção ao dispositivo não pontua. na 1ª, eu não sabia toda a resposta, mas citei a súmula correta, dizendo que o MP estava errado…tenho chance de obter pontuação?

    Obrigado, mestre!

    1. Obrigado Arthur. Quanto à 1ª dúvida, creio que não. Quanto a 2ª, também não haverá perda, seria muito preciosismo da banca. E por fim, pode ser que sim. Boa sorte.

  12. Oi… na peça coloquei autor e réu ao invés de embargante e embargado. Lembrei só no final. ai coloquei ” Informa, onde estiver escrito autor lê-se Embargante, onde estiver escrito Reu lê-se Embagado.” Mais ai pirei agora… Será que identifiquei a peça fazendo isso?????????????

  13. Professor, fiz uma ação de justificação em penal, e estou realmente preocupada, pois a grande e esmagadora maioria das pessoas fizeram Revisão Criminal, porém, não sei como um advogado após receber uma testemunha, nunca arrolada antes, pode simplesmente usar isto, um depoimento dado dentro de seu escritório para entrar diretamente com uma revisão se a mesma exige prova pré-constituída. Em Revisão não se permite a oitiva de testemunhas. Enfim, estou com muita dúvida, por mais que eu leia e leia que é revisão ainda acho que é Justificação. A peça em momento nenhum falou que o depoimento dele se tornou prova judicializada. Acha que será aceita a Justificação?

    1. Maria, boa pergunta. Já vi muitas provas aceitarem duas argumentações. Quem sabe aceitam a sua? Boa sorte.

  14. Professor,
    Fiz a prova inteira de civil e não vi que era caso de pedido liminar ou cautelar. Ao final dos Embargos de Terceiro, coloquei “LOCAL e DATA” – NOME DO ADVOGADO e abaixo do texto nome do Advogado, NUMERO DA OAB. Corro o risco de ter a minha peça zerada? Agradeço por responder.

    Lucas

  15. Professor boa noite! Ontem (16 de junho) ao fazer a prova (dir. Administrativo) – em que a peça estava relacionada a uma contestação – coloquei as preliminares antes do Direito, e devido a ansiedade, ao invés de colocar autor e réu, em um trecho da peça coloquei os nomes pessoais dados no exemplo. Isto interfere muito na nota da prova?
    Obrigado!

  16. CORREÇÃO – Professor boa noite! Ontem (16 de junho) ao fazer a prova (dir. Administrativo) – em que a peça estava relacionada a uma contestação – coloquei as preliminares antes dos FATOS, e devido a ansiedade, ao invés de colocar autor e réu, em um trecho da peça coloquei os nomes pessoais dados no exemplo. Isto interfere muito na nota da prova?
    Obrigado!

  17. Professor,

    Na prova de empresarial, ao final, antes da indicação do “advogado-oab/…” coloquei como local da peça a Cidade e o Estado indicado [Abelardo Luz (SC)], uma vez que a vara que declarou a falência estava nessa cidaade, e que por consequência seria a vara competente para julgar a restituição. Acha que podem zerar minha peça por identificação?

    Obrigado

  18. Caro professor, estou com uma tormentosa dúvida a respeito de ter zerado(ou não) a peça, ei-la:
    Ao escrever meus pedidos, no pedido A eu não recuei todas as linhas, somente a primeira, como se parágrafo fosse; Todavia, ao ter percebido tal erro (por nervosismo patente), fiz os restantes dos pedidos B, C, D, tudo em formato recuado.

    O senhor acha que isso gera uma suposta identificação??
    Abraços!

  19. Professor

    Fiz a segunda fase na área de penal. Na questão 3 ao invés de escrever “aberratio criminis” escrevi ” abolitio criminis”, entretanto expliquei o conceito desse erro de resultado. Será que vão considerar?

  20. Professor,

    Na prova de Direito Constitucional, fiz um preâmbulo nas razões do Recurso Extraordinário, quando tal não era necessário. Posso ter zerado a peça?

  21. Professor, fiz Trabalho, acertei a peça, acertei alguns pedidos e esqueci de outros, errei nas proporções. Será se consigo tirar um 3?
    Obrigada.

  22. Tenho outra dúvida, percebi que errei um fundamento quando estava no final da primeira página, fundamento importante, e então perguntei à fiscal e ela disse para traçar, rasurar com uma linha contínua, toda primeira página e recomeçar na segunda, já que notei meu erro quando estava na última linha da primeira!!! É grave???

  23. Professor, estou com duas duvidas, a primeira é quanto identificaçao da peça, na peça trabalhista, mencionava que tudo ocorreu em maceio/AL, e que fui procurado no dia 17 de outubro de 2012, como vi que Ação de consignacao tm que ser protocolada com urgencia, no fim da peça coloquei, “nestes termos, pede em deferimento, Maceio/AL, 17 de Outubro de 2012”, isso pode me causar problemas?

    Outra duvida é será que vão descontar muito, por eu ter esquecido de pedir o afastamento da multa do Art. 477 da CLT?

  24. Pessoal,fiz a prova de segunda fase x, as duas ultimas quetoes estavam impossiveis de fazer. Nao tinha_mos em maos a jurisprudencia, devemos nos unir como candidatos e reinvidicarmos nosso direito de fazer-mos uma prova possivel, e que nos respeitem os nossos esforcos. Todos nos sabemos o quanto sofremos pra chegar ate aqui e nos tratam dessa forma?
    Vamos criar um blog, colher assinaturas precisamos nos movimentar.

  25. Bom dia Professor…
    estou preocupada em ter zerado minha peça, comecei desenvolver a mesma e quando já estava na terceira folha me dei conta que estava fazendo a peça errada, como restavam duas folhas ainda, chamei o fiscal e pedi para constar em ata o ocorrido e refiz a peça correta nas duas folhas restantes passando um traço contínuo linha por linha nas três primeiras folhas. Será que vão zerar minha peça por eu ter riscado as três primeiras folhas?

  26. eu fiz uma revisão criminal so que ao em vez de interpor direito no tribunal de justiça ,eu fiz uma peça de interposição ao Juizo a quo , e razões para o tribunal de justiça , isso zera a prova ? Aguardo sua resposta desde de ja agradeço !

  27. Professor,

    na prova de direito civil, na letra b das questoes 1 e 2, estou muito confusa, coloquei na b questao 1 art 43 cpc, e na letra b da questao 2 art 1055 cpc, esta errado, vou zerar a questao, estou angustiada, me oriente por favor

      1. Professor obrigada por me responder, mas queria saber se o art 43 cpc que coloquei na letra b da 1 questao e art 1055 cpc que coloquei na letra b da 2 questao esta correto,me oriente por favor. desde ja muito obrigada

        1. Bianca, prefiro aguardar o espelho. Já vi cada coisa de esperar determinado artigo e ele não veio ou exigirem coisas que nem os maiores especialistas se dariam conta… Não sofra por antecipação. Boa sorte.

  28. professor,no desespero acabei inventando fato novo na hora da fundamentação da peça de penal,posso zerar ou perder muitos pontos por isso?E sobre as questões, acertar a pergunta e errar o artigo da fundamentação gera nulidade da mesma?obrigada

  29. Professor, então só pra esclarecer: Se eu usar algo que está no enunciado e apenas aprofundar aquilo na peça está ok né? Isso para fins da peça ter mais coerência.
    Exemplo: O meu enunciado falava em realização de depósito bancário, então na peça eu mencionei a juntada do respectivo comprovante. Também mencionava o fato de que a parte era conhecida por ter grandes posses e outros bens na cidade, situação que mencionei na peça, e que para justificar, simulei a juntada de certidões de registro de imóvel pra confirmar a afirmação.
    Este tipo de coisa não gera identificação né? Até porque para a peça ter coerência de algum modo você tem que adaptar as informações do enunciado, entendo eu. Grata.

  30. Boa tarde prof…
    Estou preocupada em ter zerado minha peça…ao desenvolver a mesma percebi que havia feito a peça errada e já havia utilizado 3 folhas e restavam apenas 2 quando percebi meu erro, então chamei o fiscal e pedi que constasse em ata que eu tinha feito a peça correta na folha 4 e 5. Para desconsiderar as 3 primeiras folhas risquei linha por linha onde eu havia escrito. Será que isso é motivo para anularem a minha peça? Aguardo um retorno…abraços!!!

  31. Boa noite professor, no final da peça escrevi desta maneira:
    “Local…, data…
    Advogado… OAB…
    assinatura”

    Corro o risco de ter minha peça zerada?

  32. Prof., boa noite. Obrigado por fornecer conhecimento e tempo para satisfazer nossas ansiedades. Meu problema foi a prova de Civil. Coloquei as partes corretas mas a peça a nomiei como EMBARGOS A EXECUÇAO, sendo que era embargos de terceiros. Somente na fundamentaçao coloquei que era Terceiro de Boa fé e fundamentei corretamente como Embargos de terceiro-art.1046 § 1o.
    Por acaso, zerei minha peça? Nao deixe de me responder, assim perco as esperanças. Quanto as questoes fui bem, somente a 4a que fundamentei conf. o CC porque nao achei outra resposta. Minha preocupaçao foi a peça. Fiz tudo direitinho (risos), valor da causa, pedidos,fundamentaçao mas errei o nome da peça. Desde ja, agradeço sua atençao!

    1. Sandra, acredito que não há razão para anular sua peça, apenas poderão descontar na pontuação. Boa sorte.

      1. ok,professor, muito obrigado. Mesmo assim se precisar vou recorrer, pois tambem achei, dentro do principio da fungibilidade, tese para recurso.

        obrigado e tenha um bom dia.

          1. Bom, professor, agora com a anulaçao das duas ultimas questoes de Civil (3 e 4) provavelmente tirei 5 nas questoes, preciso de 1 na peça..sera que passei? pensa em uma pessoa que nao vê a hora de chegar dia 9…será???

    1. Maria, infelizmente, entendo que sua resposta ficou prejudicada. De qualquer sorte, vá que uma boa alma seja a corretora de sua prova… Boa sorte.

  33. Professor, parabéns pelo blog!

    Gostaria de saber caso anule as questões 3 e 4 da prova de civil, a gente ganharia essa pontuação? Como é isso?

  34. Professor obrigada por me responder, mas queria saber se o art 43 cpc que coloquei na letra b da 1 questao e art 1055 cpc que coloquei na letra b da 2 questao esta correto,me oriente por favor. desde ja muito obrigada, desculpe a insistencia

  35. Prof não sei se alguém já perguntou, mas estou arrasada, eu fiz os embargos de terceiro, mas não lembro se coloquei o valor da causa, temo que zere a peça, pelo fato do valor da causa ser requisito da inicial, nos termos do 282 CPC. Por favor, me diga a verdade, estou preparada pra ler a verdade seja o que for.

    Conforme for, já começo os estudos pra primeira fase =/

    1. Beatriz, já perguntaram sim. Mas não se preocupe, a falta de colocar o valor da causa haverá apenas um desconto, ok? No máximo 0,5. Boa sorte.

  36. Prof. alguém já escreveu mas não vi resposta, eu não coloquei por distribuição, vou perder muito ponto, e também fiz uma defesa alegando má fe, e fraude de credores, é cabivel

  37. Professor nesse último exame, na maldita prova de tributário fiz uma apelação, ocorre que na hora de qualificar a apelada ( que no enunciado só dizia “determinada empresa”, coloquei assim ( nome da apelada). Isso é causa de identificação? Nunca vi uma prova tão mal elaborada, fiquei sem saber o que escrever, abraço!

  38. Prof. Estou com medo de zerarem minha peça ,pois fiz Recurso especial em constitucional, mas era recurso extraordinário, apesar de terem os mesmos tópicos, não fundamentei no artigo do RE, será que tenho chance de corrigirem minha peça

  39. Oi, Professor! Fiz a segunda fase do X exame de trabalho… Comecei a peça, fazendo uma consignação em pagamento, mas quando cheguei nos fatos, fiquei insegura e decidir mudar para “reclamação Trabalhista com Consignação em Pagamento”. Bom, rasurei muito a primeira folha, ficou uma confusão só. No final, coloquei a data em que constava a visita do cliente… Pergunto: Acha que aceitarão a RT com consignação? Podem zerar a minha peça por rasuras excessivas ou por ter colocado a data no encerramento? Desde já, obrigada!

    1. Annalice, difícil de prever… não sei como ficou a sua peça e nas condições que o examinador poderá avaliar. Boa sorte!

  40. Professor, utilizei 4 folhas para fazer a peça. A fiscal pediu que eu fizesse um risco diagonal na folha não utilizada. A fiscal agiu certo? Minha peça corre o risco de ser zerada? Obrigada!

  41. Olá, professor!
    Fiz a peça de oposição mas fundamentei toda ela corretamente, inclusive mencionei a súmula certa (84 STJ), mas estava tão nervosa que não me dei conta que a peça seria embargos e não oposição. Eles anulam toda a peça?Obrigada pela atenção!Forte abraço!

    1. Michelle, talvez a tua peça tenha ficado prejudicada, mas enfim, não deve sofrer por antecipação. Daqui a pouco a argumentação posta na sua prova convença o examinador. Boa sorte.

  42. Boa noite professor! Fiz a peça mas fiquei mto nervosa e coloquei intervenção de terceiros oposição, quando já tinha finalizado a peça e fui pra questões achei os artigos dos embargos e de alguma forma tentei colocar na peça e nos pedidos, alguma chance da banca considerar? Ou eles zeram mesmo? Obrigada

    1. Andressa, talvez a tua peça tenha ficado prejudicada, mas enfim, não deve sofrer por antecipação. Daqui a pouco a argumentação posta na sua prova convença o examinador. Boa sorte.

  43. Professor, fiz a mesma coisa que um a menina acima (ana paula) não apresentei os embargos contra ninguem em si, os apresentei nos autos da execucao tal, movida por tal em face de tal etc,,,qualifiquei o exequente e o executado e o resto está tudo ok….a ausencia de um polo passivo expresso não é caso de inépcia da inicial? Posso perder os pontos que for mas não quero que anulem minha peça. Obrigada por me deixar voltar a dormir, bjs!

  44. Professor,
    na peça de civil coloquei embargante e embargado, mas também usei requerente e requerido…corre risco deles me derem nota zero?!

  45. Professor, na peça eu utilizei somente quatro folhas. Assim, a fiscal pediu que eu fizesse um risco diagonal na folha não utilizada. A fiscal agiu corretamente? A peça pode ser zerada? Estou preocupada! Obrigada.

      1. Ufa, que alívio! A atenção que o senhor dedica aos alunos é nota dez! Todas nossas dúvidas são esclarecidas com rapidez e muito profissionalismo! Parabéns e mais uma vez OBRIGADA!

  46. escrevi CPF/MF por cima de CNPJ pois não havia mais espaço para riscar, seria marca identificadora? ou só acarretaria em descontos na pontuação?

    só consegui aprovietar o C da sigla, o resto ficou garrancho mas da pra entender, até pelo contexto.

    estou apreensivo pois é logo na primeira pagina e destoa um pouco do resto da escrita, gostaria muito de esclarecimentos sobre o que a banca pode considerar marca identiicadora e se esse é o caso.

  47. Professor, estou com uma dúvida que está me deixando apavorada. Eu fiz uma boa prova e fui bem nas questões também no entanto, no final da prova, nem sei dizer o porquê, eu resolvi colocar no nome da peça “EMBARGOS DE TERCEIRO COM LIMINAR ” no cantinho, meio por cima “RITO SUMÁRIO “. Como os Embargos de Terceiro tem rito especial e o valor dessa causa não abarca o teto de 60 salários,estou preocupada com a possibilidade de zerar a peça. O que o Sr. acha? Minha loucura tem jeito?

  48. professor,fiz a peça de penal acertei fundamentei no arigo 62 III mas pedir absolviçao 386, IV e nas questoes acertei todos fundamentos jurídico, mas cloquei questao no lugar da um será que vou sera?

  49. Olá Professor, ao finalizar as respostas das duas primeiras questões percebi que havia respondido na folha de resposta 1 e 2 reservada para a peça, contudo eu risquei elas e fiz a minha peça “Embargos de terceiro” nas 3 últimas folhas reservadas para a peça, será que a OAB pode anular a minha prova???
    Socorro!!!!

  50. Boa tarde professor,
    coloquei na peça de civil no Dos Fatos ao falar da executada colo que o nome dela e disse que ela era a embargada, será que zerei a peça ou está correto. Fiz isso para economizar espaço no dos fatos, mas na realidade ela que era a embargada não é? mas coloquei no polo passivo apenas o exequente…

    1. A troca de denominações Valdomiro das partes não zera a parte, haverá desconto, mas enfim, a peça será corrigida. Boa sorte.

  51. No dos fatos eu nçao coloquei o endereço da mulher que vendeu o apartamento para o embargante…

  52. Olá professor.

    Na peça, eu risquei uma linha, pois tinha esquecido parte do direito, então coloquei a parte que faltava e escrevi o que eu tinha riscado abaixo, ficou meio confuso, mas não tive outra opção.

    Na questão 2, eu risquei umas 3 linhas, pois queria mudar a resposta, ficou bem bem feio e confuso também.

    Será que minha prova não vai ser corrigida por eles alegaram identificação? Ou somente perderei pontos referente aos rabiscos? Ou nem perdei pontos, pois estou conforme a regra?

  53. Professor, na questão nº1 de civil, em meio a resposta, coloquei uma palavra em CAIXA ALTA. Isto pode gerar a identificação das questões?

  54. Olá professor

    Fiz a prova de Civil, na peça embargos de terceiros quando estava falando na parte “Do Direito” eu fiz menção ao art. 655 do CPC, informando que a penhora não seguiu preferencialmente a ordem de acordo com a lei. Porém, isso não estava disposto na questão, eu viajei falando sobre isso, quis enriquecer o Direito, e fiz isso!

    Será que isso é “inventar fatos”? Será que minha peça será zerada por isso? Obrigado

  55. Oi professor estou muito aflita pois inventei endereço para as partes e testemunhas, e coloquei data, serei a peça?

  56. Bom dia, Professor!
    FIZ A PROVA DE DOMINGO PASSADO NA PEÇA DE INTERPOSIÇÃO AO FINAL RISQUEI GROSSEIRAMENTE DATA, LOCAL OAB ADVOGADO POIS COLOQUEI OS …”, COMO DEVERIA SER CONFORME EDITAL, NO ENTANTO FIQUEI PREOCUPADA DEPOIS E ACHEI QUE PODERIA SER IDENTIFICAÇÃO, SEI LÁ DEI UMA PIRADA, E AÍ RISQUEI DE FORMA QUE NÃO APARECE NADA DO QUE ESCREVI, E COLOQUEI ABAIXO O S DADOS SEM ..”,POSSO TER MINHA PEÇA IDENTIFICADA??OBRIGADO!

  57. Ola Marcelo, estou nervosa eu coloquei na peça embargos de terceiros, fraudes contra credores, e falei da prova do cheque que seria o micro chip, como a Denise, viajei na defesa é identificar, por favor responda,

  58. Gostaria de saber o que a FGV considera como “marcas identificadoras” afinal. Seriam assinatura e rubrica?
    Ou podem ser algum outro sinal que o candidato vier a fazer? (uma palavra escrita com tinta mais forte que as outras, forçando a caneta por ex.)

  59. Boa noite
    Numerar os documentos a serem juntados é causa para zerarem a peça? (por ex. mandato doc 01, contrato doc 02, etc)

  60. Boa noite professor.

    Fiz a prova de direito empresarial e pedi tutela antecipada com base no 273 CPC, pois os aparelhos poderiam sofrer grave dano de difícil ou incerta reparação se ficassem ali no acervo da empresa falida, isso poderia ser considerado como invenção de fato novo ?

    Obrigado pela atenção

  61. Olá querido professor…
    Estou com uma dúvida que está tirando minhas noites de sono… se você puder me responder eu fico imensamente grata! Fiz a prova da ordem, 2ª fase de Civil, e quando estava fazendo a peça vi que errei uma palavra… como não tinha mais espaço para arrumar, eu tentei consertar a palavra. A palavra ficou legível… era embargado e eu coloquei embargante…
    Como de costume, coloquei em cima, entre parênteses, um (do), bem discreto, apenas para ficar totalmente claro…
    Isso pode parecer identificação de peça?
    Agradeço imensamente a atenção…
    Bárbara

  62. Boa tarde professor.

    Fiz a prova de direito civil, e acertei a peça Embargos de terceiro, PORÉM NÃO PEDI A LIMINAR. Você acha que minha peça será zerada ou que perderei muitos pontos?
    Obrigada.

  63. Olá… coloquei assim na peça de Civil…
    vem, com fundamento no artigo 1046 do Código de Processo Civil propor EMBARGOS DE TERCEIRO PELO RITO ORDINÁRIO COM LIMINAR

    Os Embargos de Terceiro é um Procedimento especial que segue o Rito Ordinário. Então não está errado ter colocado dessa forma ou está?

    Aguardo resposta. Obrigada

  64. Professor:
    Na questão 1 de Direito Civil coloquei sim em vez de não, mas fundamentei corretamente de acordo com os art 12 e 13 do CDC. Zerei a questão pelo fato de não colocar o “Não”?

  65. Oi… se puder me tirar essa dúvida!!!!
    Coloquei na peça no preambulo a qualificação do meu cliente, do advogado, ai coloquei vem propor EMBARGOS DE TERCEIRO na Ação de Execução proposta por Carlos (qualifiquei) em face de Lucia qualifiquei), pelos fatos e fundamentos que passa a expor e requerer.

    Entende-se como se tivesse proposto contra os dois?
    Estou com medo que anulem a peça por entenderem que não tem polo passivo?
    isso pode acontecer?
    Obrigada!

  66. Dr., bom dia. Minha dúvida é a seguinte: na hora de opor os Embargos de Terceiro (fiz Civil), fiz contra o Carlos Batista, mas mencionei a Lúcia Maria. Fiz mais ou menos assim:
    “… opor Embargos de Terceiro contra Carlos Batista nos autos da ação que este move em face de Lúcia Maria…” (qualifiquei os dois)
    Entretanto, quis corrigir uma coisa no preâmbulo e estou com medo de ter riscado o “contra Carlos Batista” (mais especificamente, estou com medo de ter riscado o “contra”) e a ação ter sido movida contra Lúcia Maria. Zerarei por isso? Eles analisam o “contexto” do preâmbulo (pq veriam que eu risquei por engano)?

    Obrigado, desde já!

  67. Professor, primeiramente quero lhe parabenizar pelo site. Gostaria de saber, se possível for, o seguinte: 1ª- Fiz a prova de penal,acertei a peça, (Revisão Criminal), acertei o endereçamento Presidente do TJMT, e os fundamentos, arts. 621,III, CPP, art.16 CP e 623 CPP, porém não pedi a expedição de àlvará de soltura clausulado, e estou com receio quanto a técnica na escrita, ou seja, terminologias, etc, portanto gostaria de saber, Você acha que perdi muito ponto em minha peça? Minha preocupação se funda por eu achar que não fui muito em nas questões, pois acertei a questão 01, citei a sunula e respondi que o MP não poderia agir daquela maneira, as questões 2 e 3 acertei apenas metade delas e a questão 4 eu zerei….mas o que mais me preocupa e estar escrito que apenas citar o fundamento e o dispositivo legal não pontuar…fico com medo de entenderem que não respondi como queriam! E ai Você acha que tenho grande chance de passar? estou meio perdido. obrigado pela atenção e oportunidade.

    1. Obrigado Edmar. Creio que não perdeu não, mas só esperar mesmo o gabarito. É perigoso eu responder se passou ou não, mas o certo é que não dá para sofrer por antecipação, pois nada vai alterar a sua nota. Vamos torcer, isso sim. Boa sorte.

  68. Professor, coloquei no locmnal a cidade onde seria interposta a peça e na data o dia da realização do exame (16/06/2013, a peça esta identificada?

  69. Professor, fiz a prova de civil e no final da petição coloquei a cidade de Itaperuna como o local e uma data, não me lembro mais qual. Entendi ter esses dados na prova para colocá-los. Estou correndo risco ter ter minha peça zerada?
    obrigado

  70. Bom dia Marcelo, tavez eu não tenha me expressado com clareza fiz a peça correta ” EMARGOS DE TERCEIROS”, PORÉM quanto a defesa eu abordei fraudes contra credores e , a má fé da alineante, e como prova eu pedi o micri filme do cheque, não consigo nem dormir , será que é identificar, por favor responda e muito obrigado pela atenção, seu blog é se suma importñcia obrigado e bom dia

  71. Professor Marcelo, fiz a prova de Civil no X exame unificado. Gostaria de saber se vou perder muito ponto por não ter colocado o tópico DA LIMINAR, uma vez que este só foi mencionado no PPEDIDO. Grato pela atenção.

  72. Professor, na peça de Civil, eu narrei que havia um instrumento particular de compromisso de compra e venda, conforme dizia no enunciado, mas aí quando fui colocar entre parênteses o documento em anexo eu coloquei: “contrato de compra e venda em anexo – documento …”

    Só que no enunciado dizia: “instrumento particular de compromisso de compra e venda”

    Há risco de eu zerar minha peça?

    Desde já agradeço pela atenção.

    1. Danilo, nenhuma razão para anular. Creio que nem vão notar esse erro, mas se enxergarem, poderá haver um pequeno desconto. Boa sorte.

  73. Prezado Professor Marcelo,

    Te parabenizo pela iniciativa e respostas no Blog.
    Gostaria de tirar uma dúvida sobre a prova de direito civil do x exame:

    O Art. 1.050 do CPC diz que “O embargante, em petição elaborada com observância do disposto no Art. 282, fará a prova sumária de sua posse e a qualidade de terceiro, oferecendo documentos e rol de testemunhas”.

    Portanto, nos meus fundamentos criei um item “das provas sumárias”… escrevi todos os itens do fundamento em letra cursiva e somente esse em caixa alta. Podem considerar identificação?

    Obrigado.

    1. Obrigado Rodrigo. A alteração da forma da letra não é identificação, pode dormir tranquilo. Boa sorte.

  74. Bom dia.

    Tenho dúvida quanto a questão nº 1 de civil. Na resposta caracterizei a relação de consumo e indiquei o artigo 13 do CDC. Aparentemente a resposta era o inciso I, mas mencionei também o inciso II. O problema é que talvez esses incisos sejam conflitantes, porque o rótulo não tinha nenhuma informação, e o inc. II fala em falta de identificação clara, presumindo, creio eu, existência da informação, porém apresentada de forma inadequada.

    É possível que zerem essa questão por ter “falado demais” ?
    ou poderiam dar os pontos só porque emencionei o art 13 I, pouco importando o que tem a mais?

  75. Boa tarde professor, gostaria de saber se zero a prova por ter colocado a identificação da Região no endereçamento da peça de trabalho, pois como dizia que era em Maceió-AL eu pensei que deveria colocar 19º REGIÃO DA COMARCA DE MACÉIO-AL. Então será que a banca vai considerar que é identificação? e desta forma zerar minha peça?
    desde já, agradeço pela sua atenção.

    1. Não é identificação, mas 19ª região em competência de 1º grau? Sinceramente, não entendi. Se fosse para o TRT-19ª Região, ok…

  76. Olá Professor!

    Fiz a prova de 2ª fase em civil no dia 16/06. Como a peça era de embargos de terceiro, a competencia é do foro onde corria a execução (Itaperuna/RJ).
    O problema é que coloquei, ao final da peça, em vez de “LOCAL”, a cidade de “Itaperuna/RJ”. E a data deixei assim: “DATA…” .
    O Sr. acha que dei abertuda para o examinador caracterizar identificação?

    Grato pela atenção!

  77. Olá Professor, fiz a prova em direito tributário, sei que está pendente o que vão fazer a respeito desta prova, mas minha duvida se baseia no fato de que ao fazer a peça sobraram folhas, em uma delas acabei escrevendo a resposta de uma questão, ao perceber o erro risquei e escrevi na folha certa, nada afetou a peça, foi em uma folha em branco no final, isso é identificação??
    grata

  78. Professor,
    eu fiz a segunda fase em Penal, fui aluna, inclusive, dos professores Geovane e Ana Cristina do CERS, todavia, em que pese as maravolhosas aulas, me encontr muito aflita, pois estou com receio de a minha peça ser anulada. Eu fiz o seguinte: eu datei a peça do dia 05.03, pois foi o dia que o suposto advogado foi procurado pelos familiares de Jane, por conta disso, eu supus que esse seria o dia que deveria ser datada a peça. EU não inventei a data, ela estava na questão, porém, não foi pedido que a peça fosse datada. Isso é considerado marcação? Estou desesperada!
    Agradeço desde já atenção!

  79. Olá professor, esses dias entre a segunda fase e o resultado são torturantes! Gostaria de saber se descontam ponto por não mencionar o inciso do artigo que usei na fundamentação da questão. Fiz civil e na questão 01 sobre fato do produto coloquei “conforme artigos 12 e 13 do CDC” mas não mencionei em qual inciso do artigo 13 a questão se enquadrava. Outra dúvida é que no endereço do advogado no início da peça ao invés de colocar reticências escrevi entre parênteses (endereço completo), isso seria caso de identificação? Obrigada

    1. Mariane, difícil responder a sua primeira dúvida. Creio que você não terá a pontuação completa, apenas isso. Quanto à segunda, pode ficar tranquila, não há identificação. Boa sorte.

  80. Bom dia professor.

    Gostaria de saber se no gabarito individual que sai dia 5 aparece a nota do aluno, ou somente o espelho mesmo, por ser individual imagino que possa vir com a nota.

    agradeço

  81. Bom dia. professor errei a peça de civil, e estou sem saber o que fazer!
    Errando a peça automaticamente eles atribuem nota zero???
    Desde agradeço e fico no aguardo de uma breve resposta.

  82. Marcelo,

    Obrigado pela respostas. Continuo acompanhando seu Blog. Vi uma pessoa falando que colocou o valor de120 mil de caução… eu mencionei o caução (até acho que nesse caso não devia ter mencionado) e apesar de ter não ter colocado valores, falei que o imóvel penhorado era o único imóvel em questão se tratando do embargante. Isso (ter mencionado a palavra “único”) também pode ser julgado identificação, uma vez que não falaram se era o único imóvel que ele tinha?
    Obrigado

  83. Professor, fiz civil, quando fui colocar o RG e CPF, ao inves de colocar ….., eu coloquei xxxxxxx . Estou correndo algum risco? pode ser considerado identificação? obrigado.

    1. Fernando, não era a melhor opção. Entendo que há riscos, mas o bom senso que irá pairar nesse Xº Exame te salvará! Boa sorte.

  84. ao inves de colocar RG…., CPF…. eu deixei assim, RG xxxxx e CPF xxxxxxxxxx. Existe algum risco de ter minha peça zerada? obrigado.

  85. Na prova de trabalho, questão Nº 4,tem uma oj e uma lei federal que se opõem, a lei prescreve que com menos de um semestre civil o empregado não tem direito a PL, como no enunciado traz que ele o reclamante foi demitido em 20/05/2013 portanto não tem direito por não ter um semestre civil. Já na OJ prescreve ao contrario, mas Li em algumas doutrinas e jurisprudências que poderá ser pagos a PL mas terá que respeitar o semestre civil. Então dr. Marcelo, hierarquicamente o que vale mais uma OJ ou uma lei federal?

  86. Olá professor, mais uma dúvida. Fiz os embargos de terceiro com pedido liminar bonitinho mas ao final pedi a expedição de mandado de manutenção de posse e me esqueci de pedir a desconstituição da penhora, isso pode zerar minha peça? Obrigada

  87. Boa tarde professor.

    Na questão 2 da prova de empresarial, respondi com base no artigo 1.030,1.085 e 1004 do cc, porém nos gabaritos que tenho visto, falam do 1.058 cc. estou com duvida, pois a pegunta era É possível excluir Joaquim da sociedade ?, visto que ele procurou um advogado, creio eu que a resposta estava no 1.030 e 1.085, pois são as formas de exclusão judicial e extrajudicial.

    me ajude estou na duvida

    agradeço

  88. Professor, estou preocupada quanto a ausência do pedido de desconstituição da penhora. Fazer tudo certo e esquecer desse pedido zera a peça?

  89. Professor! Parabéns pelo site maravilhoso!
    Hoje saiu o espelho da FGV e pelas contas eu passei!!
    Acontece que estou com medo de ter ZERADO a peça.
    Fiz direito do trabalho, e no fechamento, coloquei:

    “Maceio, 17 de Novembro de 2012”.

    Essa foi a data que a empresa me procurou como advogado para ajuizar a ação, foi dado no problema 17/10/2012. E eu me confundi com o mes e coloquei novembro. E agora? Pode ser identificação? Muita sacanagem pois me saí bem, nas contas deu 7.2 🙁

      1. Olá professor! PASSEIIIIIIII!! Tire 8.55! Estou radiante! Obrigada pelo apoio moral/emocional. Colocar local e data NÃO zera a peça, se estiver informado no enunciado. Urrul!

  90. Oi Marcelo, mais uma vez obrigado pelas respostas. Se puder responder, tenho mais algumas dúvidas sobre a prova de civil:

    1- Ao mencionar a Distribuição por dependência ao juízo da execução, eu não coloquei aos autos da Execução n. 6002/2011. Porém mencionei esses autos na qualificação do embargado. Perderei os pontos ou descontos?

    2- Ao formular o pedido de desconstituição da penhora OU manutenção da posse do imóvel, eu simplesmente pedi para que o embargante seja mantido em sua posse. Está correto?

    Obrigado

  91. Boa tarde professor!
    Saiu o espelho do X exame da ordem.
    Por gentileza pode me tirar uma dúvida?
    Fiquei aflita, pois a FGV colocou o credor da ação de execução no polo passivo e eu coloquei a Lucia Maria…isso poderá zerar minha peça?
    Muito obrigada pelo seu trabalho!!! Boa tarde.

  92. Professor,estou muito preocupado,pois coloquei como preliminar a inexistência de citação,ocorre que no enunciado da prova de direito administrativo não havia nenhum dado como este,eu simplesmente viajei.Assim corro risco de zerar a peça ou eles irão desconsiderar a preliminar.

  93. Olá professor!
    Coloquei na peça no preambulo a qualificação do meu cliente, do advogado, ai coloquei vem opor EMBARGOS DE TERCEIRO na Ação de Execução proposta por Carlos (qualifiquei) em face de Lucia qualifiquei), pelos fatos e fundamentos que passa a expor e requerer.

    Estou com medo que anulem a peça por entenderem que não tem polo passivo?
    isso pode acontecer ou só irão descontar por erro no polo passivo?

    Obrigada!

  94. Professora fiz, direito administrativo, esqueci da preliminar, só que quando lembrei coloquei no tópico (mérito) o assunto da preliminar inclusive coloquei artigo, súmula como está no espelho da ordem x, e fiz outra besteira não falei da preliminar no pedido, todavia fiz o resto igual do espelho, a dúvida é podem considerar o que escrevi no mérito o que deveria ter feito na preliminar.
    Helaine

    1. Helaine, que confusão, hein? Bem, vamos esperar que o examinador entenda e considere o que você gostaria. Boa sorte.

  95. Oi Marcelo, sobre a prova de civil:

    1- Ao mencionar a Distribuição por dependência ao juízo da execução, eu não coloquei aos autos da Execução n. 6002/2011. Porém mencionei esses autos na qualificação do embargado. Perderei os pontos ou descontos?

    2- Ao formular o pedido de desconstituição da penhora OU manutenção da posse do imóvel, eu simplesmente pedi para que o embargante seja mantido em sua posse. Está correto?

    Obrigado

  96. Eu sublinhei dois artigos como forma de destaca-los, passei um traço embaixo deles. Não sei pq na hora fiz isso, pode gerar identificação da peça?

  97. Olá Professor!

    Estou desorientada.

    Minha peça não foi corrigida por ter sido considerada
    identificada.

    Minha peça e questões contém todas as respostas conforme o espelho…estou muito chateada. Minha nota seria altíssima.

    Coloquei nºs de CPF e RG da seguinte como, por exemplo, CPF nº 001.001.001-01.

    Não vislumbrei qualquer outra diferença…

    Isso poderia ter sido a dita identificação?

    Existe possibilidade dessa decisão ser revertida em recurso?

    Abraço!

    1. Ceres, infelizmente isso é identificação clara. Nao se informa qualquer tipo de número se ele nao estiver no caso. Sorry.

  98. Professor, estou desesperada, fiz o x exame para tributário e fiz ação declaratória de inexistência de relação jurídico tributaria cumulada com repetição, não sei o que aconteceu mas minha peça não foi corrigida e fiquei com zero na peça!!! estou com 3,4 nas questões e fiz a peça toda nos moldes do espelho apresentado pela banca!!
    penso que talvez eles não tenham corrigido a peça pelo fato de eu ter cumulado os pedidos, já que não há absolutamente nenhuma indicação de identificação de prova, mesmo sabendo que o gabarito consta ação declaratória… e de repetição!
    estou fundamentando o recurso no art. 292 do cpc será que tenho chance?

    1. Livia, entendo que tem chances sim. Eles deveriam ter aceitado. Procure um professor de tributário para lhe orientar. Boa sorte.

  99. Professor, Fiz embargos a execuçao mas nos fundamentos, fundamentei como Embargos de Terceiros e com todos os artigos que a banca pediu, tirei 3,95 nas questoes. Por favor, me oriente, nao seria o caso de aplicarem a fungibilidade?

  100. X EXAME DE ORDEM UNIFICADO
    Inscrição
    303051482 Nome do Examinando
    Sandra Ferreira Da Silva
    Seccional
    OAB / GO Área jurídica da prova prático profissional
    DIREITO CIVIL Nota Final
    3,95 Situação
    REPROVADO

    DIREITO CIVIL – PEÇA
    QUESITO AVALIADO * FAIXA DE VALORES ATENDIMENTO AO QUESITO
    O foro competente é da 4ª Vara Cível de Itaperuna/RJ. 0,00 / 0,20 0
    Distribuição por dependência ao juízo da execução 0,00 / 0,30 0
    Identificação da ação (Embargos de terceiro). 0,00 / 0,40 0
    Indicação correta dos polos ativo (José Afonso)(0,10) e passivo (Carlos Batista)(0,30) com qualificação do polo ativo (0,10) e do polo passivo(0,10). 0,00 / 0,10 / 0,20 / 0,30 / 0,40 / 0,50 / 0,60 0
    Estrutura da peça (fatos, fundamentos e pedido – 0,20 para cada um). 0,00 / 0,20 / 0,40 / 0,60 0
    Descrição dos fatos e dos fundamentos jurídicos com riqueza na argumentação, coerência e raciocínio jurídico, caracterizando: Aquisição do imóvel mediante compromisso de compra e venda; (0,20) Anterioridade da aquisição do imóvel em relação a dívida; (0,20) A existência da posse do imóvel; (0,20) A turbação decorrente da penhora efetivada. (0,20) Existência de outros imóveis livres e desimpedidos. (0,20) 0,00 / 0,20 / 0,40 / 0,60 / 0,80 / 1,00 0
    Dispositivos correlatos ao tema: – Art. 1.046, do CPC. E/OU Art. 1.210, do CC (0,30) – Súmula 84 do STJ. (0,20) 0,00 / 0,20 / 0,30 / 0,50 0
    Formular corretamente o pedido de desconstituição da penhora OU manutenção da posse do imóvel (0,60) 0,00 / 0,60 0
    Requerimentos: – Citação/Intimação do embargado para responder aos embargos de terceiro (Art. 1.050, § 3º do CPC) (0,20) – Condenação de honorários sucumbenciais (0,10) e custas.(0,10) – Protesto pela produção de provas (0,10). 0,00 / 0,10 / 0,20 / 0,30 / 0,40 / 0,50 0
    Indicação do valor da causa: R$100.000,00 (valor do imóvel penhorado) (0,20) 0,00 / 0,20 0
    Indicar a inserção de data e assinatura 0,00 / 0,10 0

    TOTAL 0

    DIREITO CIVIL – QUESTÃO 1
    QUESITO AVALIADO * FAIXA DE VALORES ATENDIMENTO AO QUESITO
    A) Não, nos termos do Art. 12, §1º, II (0,35) c/c Art. 13, I ou II, ambos do Código de Defesa do Consumidor (0,40). Obs: A mera citação de artigo não pontua. 0,00 / 0,35 / 0,40 / 0,75 0,40
    B) Identificação de que o procedimento é o de habilitação (0,20),nos termos do Art. 1.060 do CPC (0,10), mediante prova do óbito (0,10) e da qualidade de herdeiro (0,10). Obs: A mera citação de artigo não pontua. 0,00 / 0,10 / 0,20 / 0,30 / 0,40 / 0,50 0,30

    TOTAL 0,7

    DIREITO CIVIL – QUESTÃO 2
    QUESITO AVALIADO * FAIXA DE VALORES ATENDIMENTO AO QUESITO
    A) Luzia não tem legitimidade para propor a ação negatória de paternidade, pois se trata de ação personalíssima (0,25), conforme dispõe o Art. 1.601, caput, do Código Civil. (0,25) Obs: A mera citação de artigo não pontua. 0,00 / 0,25 / 0,50 0,25
    B1) Sim, nos termos dos artigos 1.601, § único, do Código Civil e/ou 6o, e/ou 43, e/ou 1055, e/ou 1056, e/ou 1060, do CPC. Obs: A mera citação de artigo não pontua. 0,00 / 0,50 0,50
    B2) Sucessão ou substituição processual ou de partes, conforme o Art. 43 do CPC 0,00 / 0,25 0,00

    TOTAL 0,75

    DIREITO CIVIL – QUESTÃO 3
    QUESITO AVALIADO * FAIXA DE VALORES ATENDIMENTO AO QUESITO
    a) Item A 0,00 / 0,60 0,60
    b) Item B 0,00 / 0,65 0,65

    TOTAL 1,25

    DIREITO CIVIL – QUESTÃO 4
    QUESITO AVALIADO * FAIXA DE VALORES ATENDIMENTO AO QUESITO
    A) Item A 0,00 / 0,65 0,65
    B) Item B 0,00 / 0,60 0,60

    TOTAL 1,25

  101. Bom dia professor.

    Na minha prova de empresarial tive zerada os quesitos que falavam sobre a condenação a custas e se contestada honorários advocatícios, porém, mencionei nos pedidos a condenação da requerida ao ônus da sucumbência, que é realmente custas processuais e honorários advocatícios, e também referente as provas, pois em todo o momento mencionei conforme documento em anexo, o que garante que os documentos estão instruindo a petição, não necessariamente tinha q

    Recorri dessa duas e mais alguns quesitos que acertei e não pontuaram, com a experiência do senhor, será que consigo a pontuação nestes quesitos?

  102. Bom dia professor.

    Na minha prova de empresarial tive zerada os quesitos que falavam sobre a condenação a custas e se contestada honorários advocatícios, porém, mencionei nos pedidos a condenação da requerida ao ônus da sucumbência, que é realmente custas processuais e honorários advocatícios, e também referente as provas, pois em todo o momento mencionei conforme documento em anexo, o que garante que os documentos estão instruindo a petição, não necessariamente tinha que fazer referencia expressa as provas.

    Recorri dessa duas e mais alguns quesitos que acertei e não pontuaram, com a experiência do senhor, será que consigo a pontuação nestes quesitos?

  103. Professor, no recurso coloquei em algumas partes dizendo que o candidato mencionou corretamente.
    a minha pergunta, ao mencionar candidato poderia ser considerado identificação ou não.

    agradeço a atenção

  104. Gostaria de perguntar se existe alguma possibilidade da fgv atribuir pontuação nos quesitos que até agora não houve pontuação, por exemplo distribuição por dependência em empresarial?
    E se quem corrige os recursos são as mesmas pessoas que corrigiram na primeira vez, ou são outras pessoas?

    agradeço a atenção.

    Paulo

    1. Paulo, se a pergunta está dirigida a sua prova, ela pode atribuir sim. Ela só não vai criar uma pontuação que não está no espelho. Quem corrige os recursos são outros. Boa sorte.

  105. Professor boa tarde.

    gostaria de saber se quem corrige os recursos, são as mesmas pessoas que corrigiram na primeira vez?

    E também se existe alguma possibilidade da fgv atribuir pontuação aos quesitos que ela não analisou, por exemplo distribuição por dependência em empresarial, sendo que foi pontuado na prova de civil.

    um abraço.

  106. sandra disse:
    26 de julho de 2013 às 20:36

    Pessoal, TODOS que fizeram E.Execuçao na prova de Civil, vamos entrar com mandado de segurança coletivo contra Pres.OaB-federal em Brasilia, pois os requisitos estao presentes e nao podemos deixar que zerem nossa prova.Pois qualquer juiz aceitaria nossos argumentos em caso prático( que é o objetivo do exame) Mesmo que façamos outros exames, mas nao vamos desistir de um direito! Meu email é sandra_alonso20@hotmail.com, entrem e me adicionem e vamos fazer um só…estou no aguardo de vcs!!

  107. mestre..

    eu não me atentei eu acabei terminando os pedidos na FOLHA DA QUESTÃO 01….

    RISQUEI FRASE POR FRASE DO QUE ESCREVI LA[
    AI, TERMINEI A PEÇA ESCREVENDO… NA ULTIMA LINHA: Termos em que pede deferimento.19 de agosto de 2013. ADVOGADO. OAB…

    ISSO ZERA

    1. Não entendi porque essa data, Francisco. Mas se pede para não colocar. Já vi anularem a peça por colocar uma data que não era do problema, ou seja, inventada. Vamos ficar na expectativa que passe. boa sorte.

      1. Desculpa.. escrevi mal…. EU COLOQUEI REALMENTE A DATA QUE A PROPRIA BANCA EXIGIA, OU SEJA, 09 de agosto de 2013, no ultimo dia do prazo..

        a QUESTÃO É QUANDO ESTAVA TERMINANDO MEUS PEDIDOS… e terminei na resposta da QUESTÃO 1…
        por isso.. acabei riscando essa parte como se deve na parte da questão 1
        eu passei das cinco folhas… ai eu voltei… e finalizei no unico espaço que restava na folha 05 da peça…
        escrevendo em uma linha apenas o seguinte:

        dos pedidos
        1 –
        2-
        Nestes termos, pede deferimento. 09/08/2013. advogado. oab

        A MINHA PREOCUPAÇAO É O QUE EU ESCREVI DA PEÇA NA QUESTÃO 1, se isso é identificar,,

        abraço

  108. Ola,

    Estou muito preocupada..
    Fiz constitucional, e a peça das razões, após a de interposição. eu comecei errado, estava me esquecendo de colocar o endereçamento ao TRF, quando percebi, eu so tinha feito o primeiro topico, “I. da tempestividade e cabimento” e uma frase, neste momento eu risquei o titulo e a frase, saltei duas linhas e fiz o endereçamento como deveria.
    Será que isso poderia se caracterizar identificação de peça?

    Se puder ajudar, estou muito tensa..
    Obrigada.

  109. Bom dia professor…
    Gostaria de saber se colocar o nome da peça errado, mas o rito correto e fundamentação pode zerar a peça?
    No item 4.2.6. do Edital do XI Exame diz o seguinte:

    Nos casos de propositura de peça inadequada para a solução do problema proposto, considerando, neste caso, aquelas peças que justifiquem o indeferimento liminar por inépcia,principalmente quando se tratar de ritos procedimentais diversos, como também não se possa
    aplicar o princípio da fungibilidade nos casos de recursos, ou de apresentação de resposta incoerente
    com situação proposta ou de ausência de texto, o examinando receberá nota ZERO na redação da
    peça profissional ou na questão.

    O que a FGV considera uma peça que “justifique o indeferimento liminar por inépcia,principalmente quando se tratar de ritos procedimentais diversos”?

    Se fizer uma peça que solucione o problema do cliente, mas que todavia não é a peça do espelho, isso pode zerar?

    Obrigada!

      1. Fiz Direito Civil… Mas fiz Ação Reivindicatória pelo Rito Ordinário, com fundamento no artigo 282 cpc e 1228 cc.
        Nos pedidos eu pedi que a posse do autor + a desocupação do imóvel pela Ré….
        Meu problema é que aprendi que o fundamento da Ação de Imissão na posse e o da Reivindicatória eram os mesmos, estou com medo de aceitarem a ação de imissão e não aceitarem a minha…(se é que vão aceitar)
        Por isso perguntei sobre fazer uma peça que solucione o problema do cliente, mas que todavia não é a peça do espelho, se isso poderia zerar…
        Achei vários julgados falando que o nome dessas ações é irrelevante, que o que interessa são os pedidos…

        O que o senhor acha? tenho alguma chance? acertei todas as questões… 🙁

        1. Manu, a prática e a prova da OAB são diferentes… De qualquer sorte, entendo que deveriam aceitar IMISSÃO. Sobre a reivindicatória não tenho opinião formada. Mas não custa ter esperanças! Boa sorte.

        2. Oi Manu, estou na mesma que você.
          Também fiz reivindicatória e acertei todas as questões.
          Se quiseres, me passa teu e-mail, pois podemos tentar nos ajudar em um possível recurso se for o caso.

          1. Oi, vcs tiveram a peça de Reivindicatória corrigida? Houve alguns candidatos que passaram com essa ação…

          2. Eu não acredito Letícia! Eu tive a peça de reivindicatória zerada sim. Você conhece alguém Letícia? Sabe em que itens do espelho eles receberam pontuação?
            Se puder me escreva: alinizinhaaa@yahoo.com.br
            Irá me ajudar muito!!! Obrigada antecipadamente.

  110. se eu colocar o nome da peça certa , mas qdo for fala com fulcro…, e errar o artigo, a peça será zerada?

  111. Professor estou desesperada eu fiz a prova civil com a peça de reintegração de posse, na metade do caminho verifiquei que era imissão na posse, ou seja para o meu tormento errei toda a peça, acertei todas as questões, neste caso zerei na peça? Por favor me ajude.

    1. Viviane, já expus aqui que não entendo que seja reintegração, de qualquer sorte, interessante seria buscar auxílio na doutrina e jurisprudência para eventual recurso. boa sorte.

  112. Olá professor, fiz a prova no último domingo e no final da peça coloquei Goiânia (cidade da peça) e datei 06/10/2013 que não estava no problema..acha que tenho chance?

  113. Boa noite professor. Eu fiz prova de administrativo no último domingo e estou preocupada com uma coisa.O problema da peça falava que o servidor público foi demitido. Na hora de pedir a tutela eu fundamentei dizendo ele precisava do salário porque o salário tem caráter alimentar, mas a peça não falava em salário, só falava que ele foi demitido. Acha que isso identifica a peça? Criei dados professor? desde já agradeço. Abraços e parabens pelo site.

  114. Olá professor, fiz a prova e estava indo tudo direitinho, mas vi que não conseguiria acabar a prova a tempo, e corri direto para fazer os requerimentos finais.

    Como corri direto para os requerimentos finais, deixei um espaço de umas 8 linhas no tópico que estava fazendo para tentar terminar depois se desse tempo, mas n deu, escrevi uma linha no tópico e deixei um espaço de umas 8 linhas…

    Estou preocupada de isso poder zerar minha peça.

    Obrigada!

  115. Professor,

    Fiz a prova de direito civil no XI exame da ordem e fiquei com uma dúvida. Tratava-se de ação de despejo de imóvel localizado em Teresópolis/RJ. Fiz o endereçamento correto e fiquei com o nome da cidade na cabeça, de modo que no final da peça, coloquei “Teresópolis, data” ao invés de “local e data”. É possível que eu zere a peça?

    Obrigao

  116. Professor
    Na prova de trabalho – CONTESTAÇÃO – inseri um tópico de DAS PROVAS – é passível que eu perca pontos ?

  117. Olá professor, aconteceu um fato comigo na hora de escrever o nome da parte na qualificação percebi que havia colocado um nome diferente risquei e coloquei o nome certo, então será que isso pode ser considerando identificação de prova?

    Obrigado!

  118. Olá Professor, encontrei seu blog hoje e gostei muito. Parabéns e desde já obrigado pela atenção dispensada a nós. A minha questão é a seguinte:

    A dúvida que está me afligindo, e pode ser que outro aluno compartilhe da mesma. No edital do Exame de Ordem tem o seguinte item:

    3.5.8.Na elaboração dos textos da peça profissional e das respostas às questões práticas, o examinando deverá incluir todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação além daquelas fornecidas e permitidas no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação atribuída ao examinando nesta fase.

    Eu não o li e nem o que estava discriminado na folha da prova prática. Com isso, onde tinha que citar a cidade e o Estado eu coloquei o traço ________ ao invés das reticências. Só hoje que uma amiga comentou a respeito e li o edital. Será que a FGV pode considerar isso com uma identificação de prova? Desde já agradeço pela ajuda.

  119. professor, fiz a prova de penal. A minha peça eu coloquei tudo que o padrão de resposta da FGV exigiu, noentanto, coloquei varias outras teses alem das exigidas. Eu perderei ponto por isso???

  120. Professor, bom dia
    Estou com uma dúvida em relação à segunda fase de civil do XI exame, ocorre que eu acertei o nome da peça: “Ação de despejo” e abordei todos os pontos exigidos para a fundamentais, o problema é que acabei exagerando, porque coloquei um tópico de ” denunciação da lide” com base no artigo 70, II do CPC e também coloquei um tópico sobre perdas e danos, alegando que o atual locador ao não poder ingressar na posse do imóvel estaria sofrendo prejuízo matéria. Acontece que no problema não menciona esse prejuízo, assim, corro o risco de anularem a minha prova? Caso apenas descontem, quantos pontos mais ou menos poderá ser retirado? Grato

    1. Patrick, você incluiu fundamentação a mais e não inventou dados. Entendo que apenas não será julgado pela banca. boa sorte.

  121. Desculpa.. escrevi mal…. EU COLOQUEI REALMENTE A DATA QUE A PROPRIA BANCA EXIGIA, OU SEJA, 09 de agosto de 2013, no ultimo dia do prazo..

    a QUESTÃO É QUANDO ESTAVA TERMINANDO MEUS PEDIDOS… e terminei na resposta da QUESTÃO 1…
    por isso.. acabei riscando essa parte como se deve na parte da questão 1
    eu passei das cinco folhas… ai eu voltei… e finalizei no unico espaço que restava na folha 05 da peça…
    escrevendo em uma linha apenas o seguinte:

    dos pedidos
    1 –
    2-
    Nestes termos, pede deferimento. 09/08/2013. advogado. oab

    A MINHA PREOCUPAÇAO É O QUE EU ESCREVI DA PEÇA NA QUESTÃO 1, se isso é identificar,,

    abraço
    isso ZERA A PROVA OU apenas desconsidera..

  122. Boa noite professor! Nas questões, o examinador pode atribuir pontuação fracionada, ou seja, atribuir parte do que ela vale? Por exemplo o item vale 0,75, e ele dá 0,25, por que a resposta foi parcialmente satisfatória?

    1. Marco, o fracionamento é referente tão somente aos subitens previamente já impostos. P.ex. 0,4 por citar determinada súmula e ela não foi colocada, zera, mesmo que a resposta tenha colocado em outras palavras o mesmo texto.

  123. professor!

    Fiz a 2ª fase dia 6 out 13, civil, coloquei ação de despejo, mas não coloquei a tutela antecipada, ou seja, não pedi, podem me zerar a peça.
    abraço

  124. Bom dia professor eu fiz a prova do ultimo exame e errei um tópico passando um traço sobre ele. Ocorre que eu estava enumerando os tópicos com algarismos romanos e ao perceber que com o erro do tópico a numeração ficaria errada eu passei um traço sobre os algarismos dos tópicos anteriores. Isso é considerado identificação?

    1. professor Vale ressaltar que eu percebi que o tópico estava errado já no final da prova antes de ter feito os pedidos

  125. ola professor!! neste último exame da OAB (XI exame) em virtude do altíssimo índice de reprovação na 1° etapa (82%), voce acha que a banca irá ser menos severa na correção das provas dissertativas da 2° etapa??? qual sua opinião???

  126. Professor fiz o XI na área de trabalho, a reclamação foi proposta na cidade de Goiânia (2 Vara), mas no problema não mencionou o estado de Goias, porém no endereçamento da contestação eu coloquei EX.Sr. D. J. DA 2 VARA DO TRAB DE GOIÂNIA ESTADO DE GOIAS, será que vão zerar minha peça?

  127. Olá Professor. Boa noite. Na questão de nº 04, letra A, Direito do trabalho, o padrão de resposta está conforme o art. 457″caput” da CLT. Argumentei conforme o art, porém, na fundamentação mencionei apenas o art. 457, deixando de mencionar o caput. Perderei todos os pontos da questão ou poderão considerar a argumentação. No aguardo. Obrigado.

  128. Professor, boa noite.

    N prova de penal do XI, na questão 2. respondi recurso especial para o superior tribunal de justiça, mas esqueci de citar o artigo. na mesma questão letra b, respondi reformation in pejus mas citei que era direto e na verdade é indireto, tenho chance de ser pontuado nas duas situações?

    1. Eraldo, vai depender da atenção de quem irá corrigir, pois se ele estiver atento, creio que não haverá pontuação. boa sorte.

  129. Bom dia professor! Dia 31 sai o resultado da 2° fase do XI exame da oab. Ja nos oriente quanto a elaboração de recurso. Dê algumas dicas. Valeu abraço!

    1. Marco, o negócio é buscar fundamentação no que você colocou e a banca não considerou. Porque está equivocada. É por aí o caminho. boa sorte.

  130. Professor, boa noite! No ultimo exame da oab, fiz a segunda fase em penal , pedi a desclassificação de acordo com o gabarito no entanto pedi a desclassificação para o 302 e 303 do CTB, o gabarito só apontou o 302 homicídio no trânsito, no entanto entendi que se a vítima morreu em decorrência dos ferimentos caberia tbm o artigo do CTB que fala da lesão corporal no trânsito, vc acha que perderei muitos pontos, que me contradisse?

    1. Alice, a princípio, quando alguém é morto, o réu será acusado somente de homicídio e não de lesão corporal também, pois o primeiro engloba o segundo. Creio que a lógica seja a mesma no CTB. Se assim for, creio que perderá pontos ou não, vai depender da desatenção de quem corrigir. boa sorte.

  131. Professor, eu risquei um paraágrafo com um traço simples bem discretamente e no final escrevi (sem efeito) mas minha peç está impecável. posso zerar por isso ? é identificação ?

  132. Prof. Boa noite!
    No ultimo exame, XI exame, na meteria de civil fiz uma acao de imissao na posse com pedido de tutela antecipada.
    No topico da tutela antecipada, bem no finalzinho coloquei a seguinte expressao:” caso nao seja concedida a tutela antecipada, o autor sofrera prejuizos”.
    Isso pode zerar a peça, pois nao mencionava nada no enunciado

    Obrigado!

  133. Prof. Fiz penal agora no XII exame e fiz uma juntada + razões de apelação. No gabarito veio interposição + razões. Zerei a peça?

      1. Professor, estou na mesma situação da colega Dirce – acima. Fiz juntada e razões de apelação em penal. Vc disse que não zera, mas preciso lhe perguntar: vc tem CERTEZA que eles não zeram a peça ou é só um palpite? #muito aflito.

  134. Professor, minha irma fez a prova de ontem da OAB dia 09/02 e na principal questao, como o enunciado especificava a uma data de sentenca (dia 18 de fevereiro de 2013,acho)ela, apos responder colocou:
    “Local,Advogado, 23 de fevereiro de 2013”
    Preocupada que estava em datar dentro do prazo de recurso, cabível na questão.
    Lhe pergunto professor, ela ter especificado a data, pode zerar a sua prova, apesar da data estar consonante com a data que a prova citava na questão?
    – ela esta muito apreensiva porque hoje saiu o pre gabarito e nao havia menção a data na resposta.
    podem zerar sua prova pro ela ter inserido a data? O que o senhor pensa sobre?

    1. Andrea, caso considerem como identificação, o que seria uma injustiça, eu recorreria, inclusive, no Judiciário, mas acho que irão considerar numa boa. boa sorte.

      1. Estou no mesmo desespero pois tbm datei no dia 23. Mais 6 pessoas no Twitter encontrei na mesma situação, torcer para que sejam muitos que dataram. Assim de cara não considerem identificação e não precisaremos recorrer.

  135. Olá professor
    Fiz o XII exame pra Civil e a peça era Ação de Interdição com pedido de tutela antecipada. Fundamentei toda a peça corretamente, porém, não pedi antecipação de tutela. No entanto, nos pedidos pedi a nomeação de curatela provisória estabelecida no próprio procedimento. Sendo assim, será que perco muitos pontos, haja vista que a tutela antecipada era exatamente pra curatela provisóra? Se perder, quantos pontos vc acha que eles vão me descontar?

    Obrigada.

    1. Artidiana, é muito difícil valorar a “perda” de pontos ou melhor a falta de “alcance”. O melhor seria comparar com provas anteriores com padrões similares e ter uma ideia, mas acho que essa peça nunca caiu antes. O negócio é esperar e ter fé! boa sorte.

  136. Prof. Estou na mesma situação da Dirce (acima). Também fiz juntada e razões de apelação em penal. Vc disse que não zera, mas preciso lhe perguntar: vc Tm certeza que não vão zerar ou é só um palpite? #angustiado.

  137. Bom dia professor!!!
    Minha dúvida é a seguinte: minha peça foi uma apelação e com medo de faltar espaço, quando terminei a parte autenticativa da petição de interposição, na linha abaixo eu fiz dois traços de uma margem à outra e escrevi dentro ‘FIM DA PÁGINA’, e comecei as razoes na mesma página logo abaixo para aproveitar espaço. Será que isso pode ser considerado identificação? EX.:
    __________________________________________________________
    FIM DA PÁGINA
    __________________________________________________________
    RAZOES DO RECURSO DE APELAÇÃO

    1. Caio, era desnecessário o “fim da página”, mas enfim, acredito que o bom senso da banca não irá considerar como identificação. boa sorte.

  138. Professor, fiz para direito constitucional e na peca sai bem, mas teve duas respostas que respondi objetivamente ” sim” mas fundamentei errado. Em uma outra qustao fundamentei errado “nao”mas era “sim” mas eu coloquei a resposta no caso fundamentei como se “sim”. Sera que irei perder essas questoes?

    1. Rudinei, a fundamentação é essencial. Creio que inclusive a resposta “não” e a fundamentação correta poderá ganhar pontuação. boa sorte.

  139. Caro Professor, fiz a prova de PENA- apelação
    Ao invés de: Apelante e Apelado, eu coloquei Recorrente e Recorrido,,,haverá algum prejuízo?

  140. Professor, arguí na peça de penal uma das teses de mérito como tese de nulidade, perco ponto por isso?

    1. Mel, infelizmente, não posso te responder porque a FGV não disponibilizou a pontuação dos itens. Sugiro que busque alguma peça de exame anterior que trate do mesmo assunto. boa sorte.

  141. professor, fiz a reclamação trabalhista, acertei todos os pedidos menos um que esqueci de fazer. Fiz pelo rito sumaríssimo, ja que a prova trazia valores e foi possivel ver que estava dentro do limite do rito sumaríssimo. Entretanto, devido ao outro pedido que eu devia ter feito e nao fiz, o rito seria ordinario. Somente perco pontos ou reprovo??? Me ajude por favor!

  142. professor…
    fiz prova de trabalho… errei frase e fiz um risco simples entre parenteses…pode caraterizar identificacao?

    no merito… subtitulo… assim acidente de trabalho/dano moral/ dano patrimonial… algum problema com relacao ao traco na diagonal ////

    obrigado…doutor

  143. Professor, bom dia, gostaria de saber se no endereçamento colocarmos ” EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Y” ao invés de ” EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Y” perde-se o endereçamento por completo? Desde logo, agradeço.

  144. Professor se errar o rito/procedimento da peça, apesar de acertar o nome da ação, a peça será zerada?

    1. Lorenzo, já vi optarem por outro rito e não terem zerado a peça. Entendo que errar rito é perda de pontos e não para zerar. Me avise de seu resultado, boa sorte!

  145. Boa noite!

    No XII, em direito penal eles não pediram a data, porém coloquei a data na interposição, pois a questão fornecia a data da sentença com intimação. eles podem considerar que eu identifiquei a minha peça, uma vez que não era para colocar data?

  146. Pingback: Blog Passe na OAB
  147. Professor, estou muito triste…. fiz 4,25 nas questões, (XII exame) mas… errei a peça (tributário), no lugar de AI fiz o ROC… não observei q se tratava de decisão interloctória… legalmente, não tenho como fundamentar recurso… ou será que teria alguma chance?

    1. Marta, infelizmente, não deslumbro você conseguir fazer valer a sua peça justamente pela razão que você expôs. É tentar a repescagem. bons estudos.

  148. Olá!
    Tenho a seguinte dúvida, sobre peças de civil.
    Se eu colocar “Ação de Conhecimento pelo Rito Sumário/Ordinário” terei a peça corrigida, se for o caso?
    Exemplo: Se a obrigação for de dar e eu colocar “Ação de Conhecimento pelo Rito … e na peça descrever a obrigação e etc, citando os respectivos artigos, tenho chance de zerar?

    Obrigada

    1. Priscila, se você colocar rito sumário/ordinário não poderá ser julgada sua peça, pois significa que você não sabe qual rito deverá seguir, p.ex. O rito deverá ser indicado conforme o que estiver relatado no seu pedido. bons estudos.

  149. Marcelo,
    Boa noite.

    Fiquei nervosa na prova e acabei escrevendo de caneta azul a última questão, sendo que havia escrito a prova inteira de preto. Quando vi o erro, passei a caneta preta por cima e grifei toda a resposta, colocando-as nas linhas abaixo. Isso será entendido como identificação? Serei eliminada?

  150. Professor, na prova da OAB de hoje de Civil da 2ª fase, coloquei corretamente o nome da peça, fundamentei conforme pediram, mas não coloquei o artigo. Minha peça será zerada?

  151. olá ! tenho a seguinte dúvida, a ação a ser proposta na prova de segunda fase de civil era “ação de obrigação de fazer c/c antecipação de tutela e danos morais”, relativa ao caso de direito do consumidor na qual o fornecedor deveria substituir o produto defeituoso. Ao pesquisar no vade mecum me deparei com o título do CDc que previa os artigos a serem aplicados, e coloquei na minha peça o nome do capítulo do dispositivo legal, qual seja “ação ordinária de responsabilidade civil do fornecedor de produtos c/c antecipação de tutela e danos morais”, TODO O RESTO DA MINHA PEÇA ESTÁ CORRETO, será que corro o risco dela não ser corrigida?

  152. A recente prova trouxe uma peça de direito do consumidor; uma ação de obrigação de fazer com pedido de tutela de urgência …segundo o gabarito tinha q pedir danos morais. Pois bem, se o candidato não fez esse pedido na petição inicial quantos pontos poderá perder?

  153. errei o nome da peça. ao invés de colocar ação de obrigação de fazer coloquei ação de execução com obrigação de fazer. mas os fundamentos estão corretos. vou anular a peça

  154. Professor, fiz direito civil no XIII exame da OAB.
    Acontece que no padrão de respostas nomearam a ação com: ação de obrigação de fazer.
    Eu coloquei ação de conhecimento no rito sumário. Entendi que como não tinha rito especial previsto, poderia colocar o nome genérico. Será que vou zerar a peça?

    1. Bianca, creio que sua peça ficou prejudicada, acho difícil corrigirem, não sei como ficou toda a fundamentação e os pedidos, mas assim como está, complicado. boa sorte.

      —–
      Informações sobre a realização de possíveis recursos: mhdarocha@gmail.com

  155. Professor,

    Acredite se quiser, mas cometi o erro muito bobo! Acabei confundindo as folhas e risquei a folha 5 da peça (fiz um traço na vertical ao lado da margem). O Sr. ja viu algum caso pareciso? Será que isso anulará minha prova?!
    Agradeço desde já!

  156. Professor em Civil coloquei o nome da peça de AÇÃO DE RESPONSABILIDADE POR VICIO DO PRODUTO E SERVIÇO CC TUTELA ANTECIPADA. SERÁ QUE ZERAREI A PEÇA? Fundamentei corretamente, mas no gabarito veio ação de obrigação de fazer. Fundamentei conforme o gabarito.
    Mas fico com medo, o que eu faço???

  157. Marcelo, a ação era de obrigação de fazer cumulada com indenização por danos morais, logo pus o nome ACAO INDENIZATORIA COM ANTECIPAÇÃO DE TUTELA PELO RITO ORINARIO, NAO PUS NO NOME “OBRIGAÃO DE FAZER” MAS FUNDAMENTEI TUDO E NOS PEDIDOS FIZ TUDO CORRETO, QUERIA SABER SE NAO ANULA MINHA PEÇA???

  158. Bom dia
    Ontem fiz a prova da OAB em direito civil. No espelho divulgado pela FGV a peça correta era Ação ordinaria de fazer. Na minha prova eu coloquei “ação ordinaria de fazer com pedido de liminar”. Depois pude verificar que nao se tratava de um pedido liminar, mas sim de uma tutela antecipada, entao durante a prova abri um item “da Tutela Antecipada”e coloquei os seus fubndamentos. Também era exigido na fundamentação a inclusão do artigo 6, XIII, porém eiu só fiz alusão a esse artigo nos pedidos? será que tenho alguma chance de ter a prova considerada?
    Desde já agradeço

  159. Professor, estou com uma duvida muito grande….Ontem fiz a prova da OAB XIII de civil e na peça coloquei o nome errado, pois era obrigação de fazer com pedido de tutela antecipada nos termos do art. 18 do cdc e 273 do cpc e eu coloquei Ação de responsabilidade do vicio do produto e do serviço com fulcro no art. 18 do cdc…minha peça ficou conforme os artigos pedidos, mas coloquei o nome da peça errada..Vou tirar zero?…Obrigada!

    1. Sarah, possível é, mas acho improvável quando a argumentação está correta. De qualquer sorte, tem que recorrer se eles não entenderem assim. boa sorte.

  160. Professor, eu fiz a 2ª fase do XIII exame de ordem e era uma ação de obrigação de fazer, mas eu coloquei no nome da peça ação de reparação de danos, mas fundamentei corretamente conforme o espelho da banca, será que irão zerar a minha peça?

    1. Luciana, de acordo com o edital, é séria a possibilidade de zerar. Mas quem sabe o bom senso prevalece? Qualquer coisa, deves recorrer. boa sorte.

  161. coloquei ação de execução com obrigação de fazer com pedido de liminar ao invés de colocar ação de obrigação de fazer com pedido de liminar. Vou anular a peça?

    1. João, entendo que a sua peça não se encaixa nos quesitos do espelho da prova, lamento. Execução? Não consegui tirar isso da interpretação da questão. Mas enfim, quem sabe a banca aceite? A esperança é a última que morre. boa sorte.

  162. Na qualificação, esqueci de colocar as reticencias. Fiz assim, fulano de tal, (nacionalidade), (profissão), (estado civil), com endereço (rua, bairro e cidade).

    Vou perder pontos na qualificação?

  163. Olá prof. fiz o xiii exame de ordem unificado ontem, na area do direito civil. A peça cabivel era a Ação de Obrigaçao de Fazer com tutela antecipada. Todavia dei o nome a minha peça de “Ação Redibitória C/C Obrigação de Fazer e Concessão de Medida Liminar”, com base nos fundamentos previstos pela FGV. Na sua oponião, vc acha que o nome que dei a peça, fugiu muito do padrao determinado pela FGV, terei problema com isso??
    Aguardo resposta
    Att.

    1. Olha Tamires, poderá haver problemas sim, mas entendo que o nome da peça é a soma de pedidos, e você, na minha opinião, apenas pediu mais do que eles imaginavam… se não considerarem, recurso! boa sorte.

      —-
      Informações sobre trabalhos com recursos: mhdarocha@gmail.com

  164. Professor, inclusive, já fiz peças no escritório que trabalho com esse mesmo tema, com esse nome REPARAÇÃO DE DANOS COM ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, fundamentei corretamente conforme a banca pediu, pedi ônus da prova, fiz endereçamento correto, os pedidos, só não pedi o dano moral porque não vislumbrei um dano ali na questão (me pareceu um mero dissabor), o que já sabemos é motivo de indenização…agora fico sem saber se tenho chances de ter alguma pontuação na prova….Outra coisa, alguns colocaram Ação indenizatória, seria o mesmo que Reparação de Danos? Se eles considerarem a Indenizatória será que considerarão a Reparação de Danos também?

    1. Luciana, você estava na prova como advogada ou juíza? rsrsrsrs. Mas o fato de não pedir danos morais deverá apenas diminuir a pontuação. Para mim indenizatória é diferente, pois é mais abrangente do que reparadora, respondendo as duas perguntas. boa sorte.

  165. Professor, nos pedidos eu os enumerei com letras, A, B, C,… fazendo um circulo em cada uma das letras. Corre o risco de zerar a prova por identificação? Obrigado

  166. Prof. bom dia,

    A peça de penal era recurso de apelação. No entanto eu coloquei INTERPOR APELAÇÃO CRIMINAL… TEREI ALGUM PREJUÍZO POR ISSO?

  167. professor. O Rafael perguntou a respeito dos pedidos que foram enumerados com letras. Eu também fiz da mesma forma. Fiquei preocupado com a resposta do sr. dizendo que não precisava disso. Li todo o edital agora e não vi nada a respeito que isso seja causa de identificação. É apenas uma sequencia logica, assim como se usasse os numeros. Pelo que li, zerar a prova é somente errar a peça ou identificar-se, assinando a prova. O que me diz?

  168. Olá Professor, na minha peça coloquei o nome da peça (Apelação) em letra de forma e em maiúsculo, tendo em vista que escrevi toda a peça em letra cursiva, será considerada identificação? Obrigada

  169. Professor, na peça da segunda fase de empresarial do XIII exame da oab, coloquei “rosa elze” na assinatura em vez de “advogado…”, pois a questão informava que o nome da advogada da empresa era rosa elze. Isso é considerado identificação? Apenas usei um dado que a própria questão tinha fornecido. Minha peça vai ser zerada?

  170. bom dia prof.

    gostaria de saber se teses a mais reprova, pois na peça prático de penal eu coloquei uma nulidade (com relação a perícia – art. 171 cpp) e não houve nenhuma nulidade segundo o gabarito oficial.

    1. Mariana, quando o examinando coloca mais coisa do que o gabarito, em geral, desde que não seja incoerente, não será simplesmente avaliado, nem descontado, ok? boa sorte.

  171. Professor, bom dia.
    Fiz a prova inteira, até a parte do valor da causa, mas esqueci de colocar o encerramento:

    “Local e data
    Advogado
    OAB”

    Por a assinatura ser dado essencial da peça, corro o risco de desconsiderá-la por inteiro, e entenderem que a peça não assinada (ainda que no formato de Advogado/OAB) é inexistente?

  172. Olá professor, fiz a segunda fase de civil e por conta do nervosismo coloquei o local do ajuizamento da ação que era Rio de Janeiro e datei 1 de junho de 2014.. A data do dia da prova. Minha prova vai ser zerada ne? Obrigada 🙁

    1. Juliana, muita gente faz isso, então, entendo que não é motivo de anulação por identificação de prova. Nos mantenha informados. boa sorte.

  173. Prof fiz o XIII exame da OAB constitucional, coloquei Mandado de Segurança com pedido de Liminar, no espelho eles colocaram ADIn, fundamentei nos artigos corretos com o espelho até os princípios e os pedidos, só faltou os artigos da ADIn
    será que eles vão corrigir minha peça?

    1. Tales, estou convidando o pessoal que fez MSC a fazer um movimento pela aceitação dessa peça, pois como está a banca irá dar zero. Façam o movimento e eu divulgo no blog. boa sorte.

  174. Professor, em relação à 2ªfase do XIII em direito civil, cabia ação de obrigação de fazer cumulada com pedido de tutela antecipada(sendo que cabia ainda os danos morasi), e coloquei o nome de ação de indenização por vício do produto cumulado com danos morais e materias, com os fundamentos pertinentes, e nos pedidos não pedi a troca do produto, mas a indenização do produto e os danos morais e materias. O que tu achas sobre o nome da peça que coloquei e sobre a falta nos pedidos sobre a troca do produto? Zera a peça?Desconta muito? Obrigada

    1. Mariana, estamos fazendo um movimento para ampliarem o rol de peças para aceitarem, pois se for mantido o gabarito como está desconfio que irão zerar. boa sorte.

  175. Olá, fiz a prova de D. Administrativo no XIII Exame de Ordem. A minha dúvida é o seguinte: 1) em algumas questões respondi corretamente, mas na fundamentação coloquei outro artigo, isso faz com que eu perca a questão? 2)respondi as questões em texto corrido e em uma questão respondi o item “b” antes do item “a”, mas no texto direciono o entendimento para cada item, gostaria de saber se perdi a questão em razão disso? 3) Na peça acertei basicamente tudo, contudo, no mérito não falei de um princípio que estava no espelho e o outro princípio era isonomia e eu coloquei impessoalidade, minha pontuação diminuirá por causa disso? Agradeço desde já. Abs.

    1. Thiago, se errou a fundamentação legal, vai depender o quanto a banca esperava disso. Não posso afirmar se vai zerar ou não. O responder antes, vai depender se ficou claro para quem vai corrigir. E quanto a peça, a pontuação não será integral, boa sorte.

  176. A peça de D. Administrativo era um RECURSO DE APELAÇÃO e eu coloquei… interpor APELAÇÃO em face de sentença… eu deveria ter colocado RECURSO DE APELAÇÃO? Isso vai me causar algum prejuízo? Obg. Abs.

  177. Mais uma coisa a peça era apelação e eu abri um topico pra falar de efeito suspensivo e dai eu coloquei apelacao com pedido de efeito suspensivo.. Nao precisava abrir topico era só pedir na petiçao de interposicao para o juizo a quo… Corro o risco da peça anular por ser apenas apelacao e eu coloquei apelacao com pedido de efeito suspensivo?

  178. Boa noite, na peça de civil coloquei ação ordinária de obrigação de fazer com pedido liminar, so que quando ia colocar os artigos que fundamentam a peça não tive espaço e não os coloquei, isso pode zerar minha peça?

  179. Professor, eu fiz a prova de civil,acertei o nome da peça, porém como deixei pra colocar o nome somente no final, não coube colocar a fundamentação, ai deixei so o nome. Na parte dos fundamentos no corpo da peça eu coloquei todos os artigos. será que vão anular minha peça?

  180. Professor. Mais uma coisa!
    Pedi retrataçao do juiz na apelacao na peticao de interposicao, só que nao era caso! Eles tiram muita nota por isso?

    1. A questão Luiza não é tirar nota, mas não alcançar a pontuação da grade. Creio que não haverá perda alguma. Também não invalida ter acrescentado o pedido de efeito suspensivo. boa sorte.

  181. Professor, desculpa o incomodo novamente, mas como o nome da minha peça ficou ” apelacao com pedido de efeito suspensivo” e era somente “apelacao”, nao invalida a peca ne?

  182. Professor, fiz em penal, e ao final, coloquei:
    “advogado…, OAB número…”.

    A palavra número é identificação?? Depois que fui ver que no edital mandava colocar somente reticências..

    É identificação? zerei?

    Obrigada, o site é excelente!!

    1. Sara, muita gente acaba escrevendo “número”, portanto, não poderá ser alegado que é identificação. obrigado pelo carinho, boa sorte.

  183. Bom Dia!!
    Minha peça prática profissional foi zerada em civil, porem foram atendidos todos os quesitos do padrão de respostas, verifiquei a questão da identificação porém a única possibilidade que visualizei foi ter incluído o estado das cidades do rio de janeiro e são paulo que referiam-se ao endereço de autor e réu.

  184. Não só mencionei na qualificação mesmo, no fechamento da peça finalizei com local e data…, advogado…, OAB…, ja mandei o recurso argumentando essa questão e demonstrando linha por linha de que atendi ao padrão de respostas, mas estou inquieto com relação a essa questão porque é a única situação que possa ter justificado minha nota.

  185. Professor, por favor, desculpa o incomodo, mas como todos desse site estou aqui também regida pelo medo de ANULAÇÃO da peça pratico-profissional. Pode parecer bobeira, mas a gente fica tão desesperado quando faz uma excelente prova e fica a dúvida que, por um erro, tenha gerado a anulação da peça. No meu caso foi a rasura, pois fui fazer um MS e ao invés de usar a nomenclatura correta (impetrante e impetrado), acabei usando a errada, e só fui perceber na metade da peça..de forma que não tinha mais como eu riscar e escrever na frente pois não tinha mais espaço. Dessa forma, risquei e coloquei um asterisco em cima das palavras erradas, e reescrevi ao final da frase. Mas aí que tá…por medo de gerar identificação por conta dos asteriscos, acabei por riscar a palavra ((rasurar a palavra toda) toda para cobrir o asterisco, fiz isso em umas 6 partes da peça!! Pelo amor de Deus, estou desesperada por ter isso poder ter causado anulação da peça… pois já estou na repescagem e fiz uma excelente prova! Não me conformo que por rasuras nas palavras minha peça possa ser anulada! 🙁 Vc acredita que isso possa causar anulação de peça? Muito obrigada desde já, e parabéns pelo blog, por ajudar tantas pessoas que se encontram nessa situação desconfortante que nos dá depois de realizar uma prova da OAB!!!!

    1. Obrigado Franciele, pelo carinho. A ideia de identificação da prova é quando algo que você fez e que nenhuma das outras 20 mil pessoas possa ter feito, entendeu? Como riscar palavra, colocar asterisco, erros de grafia são comuns, creio que não haverá maiores problemas. Sugiro nesses casos, que usou o termo técnico equivocado e ainda dá para corrigir, é deixar como está, e passar a escrever corretamente… não usar “impetrante” ou “impetrado” ou recorrente ou recorrido, não é tão grave como poder gerar uma anulação desnecessária tentando consertar um erro bobo. boa sorte.

      1. Professor, obrigada pela resposta! Mas então, pensei depois mesmo que deveria ter deixado do jeito que estava…só que pensei nisso depois de ter feito a bobeira toda! A gente fica tão nervosa na hora da prova que fica com medo de qualquer coisa ser julgada errado! Ao colocar o asterisco, pensei que seria a forma correta de se utilizar, porém depois tive medo de gerar identificação! Ai rasurei, cobri a palavra toda em uns 6 parágrafos onde se encontrava as palavras erradas, e escrevi a certa por cima! Eu entendi que para gerar anulação, tem que ser uma coisa em 20 mil! Porém, vai que considerem isso como uma identificação ou erro grave…vc acha isso possível? Já viu ao menos acontecer? E se caso ocorrer, acha que cabe recurso? Obrigada professor.

        1. Franciele, já vi as pessoas usarem asteriscos para dizer ou desdizer algo que disse ou quis dizer e não foi anulada a prova. Mas enfim, não sofra por antecipação, ok? Não adiantará em nada, missão dada, missão cumprida. boa sorte.

  186. Boa Noite Professor, a peça da 2ª fase era RECLAMAÇÃO TRABALHISTA e eu fiz RECLAMAÇÃO TRABALHISTA COM PEDIDO DE TUTELA ANTECIPADA, será que zerei a peça?

    1. Marcela, pelo o que entendi, não precisava pedir a TUTELA ANTECIPADA, de qualquer sorte, o erro do “exagero” não é motivo para anulação da peça, pois o “com pedido…” não é nome de peça, mas sim um pedido “a mais” que a banca não pedia. boa sorte.

  187. PROFESSOR, COMETI UM ERRO Na PROVA E QUERIA SABER SE VAI GERAR NULIDADE DA MINHA PEÇA… ESCREVI MINHA PEÇA ATÉ A PAGINA 4 E POR ENGANO COLOQUEI A RESP DA QUESTÃO 1 NO INICIO DA 5ª PAG REFERENTE A Peça PRATICO PROFISSIONAL… NA DESESPERO, RISQUEI EM CIMA DA QUESTÃO VÁRIOS X´S.
    VÃO ANULAR A MINHA PROVA POR IDENTIFICAÇÃO?
    ESTOU EM PRANTOS.

    1. Tayana, não sofra por antecipação. É comum as pessoas riscarem várias vezes uma folha para demonstrar que aquilo não deverá ser considerado. Portanto, não pode ser considerado como identificação, ok? boa sorte.

  188. Oi professor!
    Fiz segunda fase em direito penal e hoje no endereçamento ficava “excelentissimo senhor doutor juiz de direito da XX vara da comarca de vitoria / Espirito Santo”

    Então no encerramento coloquei:
    Nestes termos
    Pede deferimento
    Vitoria, 15 de abril de 2014 (data que era para ser marcada)
    advogado
    oab n…

    não é motivo para identificar a peça ou zerar ne?

    obrigada!

    1. Samyrah, fizeste de acordo com a banca, correto? Apenas o fato de ter colocado “Vitoria” ao invés de “local”, mas um erro que será repetido por muitas outras pessoas, o que poderia identificar a prova. boa sorte.

        1. Ary, como falei, o ideal era para ter colocado “local” ao invés de “vitória/ES”, mas como a questão exigia a data, é possível que milhares de examinandos fizeram o mesmo, portanto, não há identificação alguma. boa sorte.

  189. Professor pelo amor de Deus… fiz prova de penal e coloquei no titulo da peca memorias finais e depois de ter saido da prova vi que na verdade sò existe memorias, vao zerar a minha peca? por favor me ajude /

    1. Maria Eduarda, como não sou penalista, não sei se existe memoriais FINAIS. Se existe, erraste a peça, pois a resposta era apenas MEMORIAIS. Se não existe, pode ser que a banca entenda excesso de zelo, pode ser que seja complacente com a resposta. Em outras palavras, é difícil de assegurar qual a resposta que lhe darão, mas torço por você, boa sorte!

  190. Prof.fiz agora ultimo exame XIV, na hora de por nome do advogado fiz assim

    ________________________
    Advogado…
    OAB nº…

    1. Tete, parece uma peça que ficou sem assinatura, não é? Bem, anulada não vi, mas pode ser descontada. Me deixo informado do resultado, ok? Até para lhe ajudar em caso de recurso, se for o caso. boa sorte.

  191. Bom dia Prof. Marcelo, primeiramente parabéns pelo site e atenção com que dedica a todos os alunos. Fiz ontem a prova da OAB, ao final da prova a felicidade tomou conta de mim, pois acertei a peça e das 8 perguntas eu acertei 7. Ocorre que ontem a noite mesmo eu lembrei que ao final eu escrevi ADVOGADO/ASSINATURA. Não a minha claro, mas escrevi ASSINATURA. Nesses casos, a prova será ZERADA por suposta identificação ou apenas perderie ponto? O que ocorreu em casos como este ADVOGADO/ASSINATURA? A banca zerou ou descontou? Muito obrigado pela atenção e mais um vez parabéns pelo Blog

    1. Rafael, o ideal era não ter escrito ASSINATURA. Bem, a argumentação de se anular uma peça por identificação é que essa identificação tenha que ser possível encontrar sua peça entre milhares de outras, porém, é corrente que outros escrevam “assinatura”. No entanto, lá trás já vi anularem peça por isso, como também já passou batido. Por isso, não posso garantir nada além de esperar o resultado. Peço que me mantenha informado do resultado para alimentar nossa base aqui e avisar outros colegas dessa situação, obrigado e boa sorte!

      1. Muito obrigado pela resposta. Vou aguardar e torcer para que passe, pois não acredito que isso seja uma identificação, mas que decide isso é a banca. Assim que sair o resultado eu coloco a resposta aqui. Obrigado

  192. Esqueci de colocar a fundamentação legal em uma das questões, será que será zerado??? grato Daniel

  193. Professor.
    na folha da resposta dois coloquei a resposta três. Visto o erro coloquei a resposta na folha tres, mas não risquei a resposta da dois. eu fico sem pontuar nas duas?????

  194. Professor, por favor, ter rasurado (rabiscado e não somente um traço) algumas palavras, durante a peça, e escrever o certo em cima pois não havia mais espaço, gera anulação? Nas questões as rasuras que tive passei somente um traço…pois havia espaço pra corrigir! Mas na peça, como não havia espaço, rabisquei toda a palavra e coloquei a certa por cima. Por favor, acha que isso é suficiente para gerar anulação? Obrigada.

      1. obg professor! sei que vc já deve estar cansado de tanto ler isso, essas duvidas! Mas é tão cruel pensar na possibilidade de não passar por uma coisa dessas, que queremos nos apegar em alguma coisa, e nada como ouvir alguém com experiência! Muito obrigada pela atenção. Seu blog é excelente! Parabéns pelo blog, e pela dedicação e atenção aos seguidores!

  195. Me ajudem, fiz uma reclamatoria trabalhista, mas coloquei para excelentissimo senhor doutor juiz da 11 vara de trabalhos de manaus-amazonas, eu me confundi e coloquei 11 por causa do artigo da clt q traz sobre os trts, sera que vao zerar minha peça por eu ter colocado 11 vara do trabalho??estou desesperada

    1. Andreia, entendo a sua preocupação, mas colocar a numeração de uma vara que não traz o problema é caso de identificação. A única chance de você ter a peça considerada é o fiscal não ver isso, lamento. De qualquer sorte, nos avise do resultado. boa sorte.

  196. Boa tarde, professor. Na peça prático-profissional de direito penal, citava a comarca de Vitória/ES como a que o processo tramitou.
    Ao final, escrevi:

    Termos em que,
    Pede deferimento.

    Vitória/ES, 15 de abril de 2014

    Advogado…, OAB nº…

    O senhor acha que minha prova pode ser anulada por identificação por eu ter escrito no local a cidade de Vitória, por mais que esta se fizesse presente no caso dado? Desde já, o meu muito obrigada!

  197. Boa tarde professor, eu fiz o XIV exame agora domingo passando em civil, eu comecei fazendo agravo de instrumento, por erro achei que era apelação, fiz uma folha e meia, para ser mais especifico 53 linhas, quando percebi que se tratava realmente de Agravo de Instrumento, fiz um traço em todas as linhas erradas, pulei uma e comecei o Agravo de Instrumento, reduzi as razoes recursais e coube tudo, olhei o espelho de respostas da peça e ficou exatamente como o cobrado, agora não sei se será aceita a minha peça, pois comecei praticamente na segunda folha a fazer, fora os traços que fiz nas linhas erradas, estou perdido, se será zerada ou aceita. help.. rs

  198. Professor, boa tarde.

    Na prova de penal, identifiquei e desenvolvi a peça corretamente, fundamentando claramente em um inciso da absolvição do artigo 386, qual seja, inciso VI do CPP. Contudo, na hora de colocar a fundamentação, devido o nervosismo, acabei por colocar artigo 386, inciso IV do CPP.
    Isso pode zerar minha peça ou acarretar grande prejuízo?

    Obrigado!!!

    1. Gisuel, pode ser que o teu descuido seja o mesmo de quem irá corrigir, não é? Por outro lado, poderá não levar a pontuação que desejava, esse seria o prejuízo. boa sorte.

  199. Professor

    Assim como a Samyrah e o Ary, coloquei “Vitória, 15 de abril de 2014.
    Acredito q deveria ser colocado sim, tendo em vista que os MEMORIAIS estão sendo apresentados na vara criminal daquela comarca e foi um dado fornecido pelo enunciado.
    Estou errado? Podem anular a peça por identificação ou ate mesmo descontar pontos?

    Mais uma vez, grato pela atenção.

    Parabéns pelo blog e por ajudar tantas pessoas. Deve imaginar a aflição que toma conta de todos nesse momento.

    1. Gisuel, obrigado. Também entendo a mesma coisa, e como muita gente colocou VITÓRIA, acredito que não haverá maiores problemas. Boa sorte.

  200. Professor, boa tarde.

    Fiz a peça de tributário. Nos fundamentos, usei dois que foram considerados no gabarito preliminar divulgado hoje, mas o meu terceiro fundamento não está no gabarito e então a FGV não o aceitará.

    Corro o risco de zerar a prova, mesmo acertando dois dos três fundamentos, ou apenas sofrerei descontos?

    Obrigado.

    1. André, ou não será considerado para efeitos de correção ou se for incompatível com os outros dois, poderá haver perda de pontos. boa sorte.

  201. Professor boa noite, eu quero tirar uma dúvida quanto a uma nomenclatura que usei na peça de Memoriais…
    Pois bem, em vez de chamar o meu cliente de “Réu” ou “Acusado”, coloquei como Querelado, será que eles (fgv) vão deixar de pontuar por conta disso?

    Obrigado.

    1. Anderson, quanto à nomenclatura, não há uma pontuação exatamente sobre isso, por isso, creio que não precisa se preocupar. boa sorte.

  202. Professor, boa noite.

    Fiz a peça de penal, tendo desenvolvido os pedidos conforme o gabarito preliminar, no entanto, fiz algumas coisas que tenho medo sejam consideradas identificação de prova, pois vi no edital que o dados deveriam ser colocados com ‘…’ e coloquei ‘x’. Assim, ao final da peça coloquei advogado e oab x, isso pode ser considerado identificação de prova?

  203. Professor, estou com uma dúvida cruel! Fiz a prova de direito civil, agravo de instrumento, mas nas questoes acabei nao fazendo a divisao dos itens A e B, respondendo tudo em texto corrido. Você acha que eles irão considerar apenas as letras A como respondidas? É costume da banca adotar alguma medida padrao nesses casos? Ou depende muito da boa vontade do corretor?

    Att. Larissa

    1. Larissa, eu sempre acredito na “boa vontade”… rsrsrsrs… e na sorte, mas creio que em todas essas situações eles corrigem e identificam duas respostas. boa sorte.

  204. Prezado Professor Marcelo.
    Favor desconsiderar (e não tornar pública) a postagem que eu enviei ontem à noite,(segunda-feira, dia 15 de setembro de 2014), solicitando orientação acerca de uma dúvida. Já a esclareci. Aproveito a oportunidade para parabenizá-lo pelo trabalho relevante de orientação aos alunos que prestam o exame de Ordem.

  205. Professor em uma das questões da prova de penal, perguntava sobre a justiça que era competente para julgar um crime contra o Banco do Brasil e outro contra a Caixa Econômica e fundamentar com a Constituição :

    A ) Usei Justiça federal para a Caixa E, e fundamentei no art 109 Só que utilizei o inciso I e o correto era o IV , gostaria de saber se vão considerar totalmente incorreta ou dos 0,65 vão considerar a metade ?

    B) Usei a Justiça estadual para o Banco do Brasil, mais fundamentei com o art. 125 , quando o correto era dizer que é competência residual, acha que consideram alguma pontuação sobre esta ?

    Muito Obrigado

    1. Rodrigo, em casos de pontuação, prefiro não me manifestar, pois parte muito de algo que a banca compreende e nós não, infelizmente. boa sorte.

  206. Bom dia Professor, fiz a prova de Penal do exame XIV e, elaborei um Memorial, acontece que por vacilo coloquei o nome da peça de Resposta à Acusação, com o fundamento. Fiz toda a tese e os pedidos corretamente com pede o gabarito, Acertei 3 questões na integra. Será que minha peça será zerada? Será que irão corrigi-la? O que devo fazer?

  207. Olá Professor,
    Fiz o XIV exame e, por falta de atenção, estava terminando a peça quando percebi que tinha usado as 150 linhas disponíveis para a feitura da peça, então eu escrevi o desfecho em baixo das linhas, no espaço em branco, depois que eu li que não podia ultrapassar e sai riscando tudo.
    É considerado identificação?
    Obrigada.

  208. Olá Professor,

    Fiz o XIV exame e, ao final da peça, não coloquei as reticências (os 3 pontinhos:…), acha que vão descontar ponto por isso? Também quero saber se colocar a expressão “nome e assinatura do advogado” pode zerar a peça?

    Terminei assim:

    Local e Data

    Nome e assinatura do advogado
    OAB/____nº______

    1. Letícia, o bom senso é que aceitem, apesar do edital ser claro quanto a isso. Basta escrever ADVOGADO e OAB. E nada mais. Nos conte depois se a banca aceitou, ok? boa sorte.

  209. Para o caso de se escrever a expressão “nome e assinatura do advogado”, há inclusive um entendimento jurisprudencial afirmando que a assinatura do advogado é necessária na petição inicial, sendo a falta dela um ‘vício sanável’. Esse é um bom argumento para um futuro recurso contra a fgv.

  210. olá professor, na minha peça de civil, anulei as duas primeiras folhas, pois inverti autor e réu, para a defesa de Agravo de Instrumento, coloquei um xix em cada folha sobre o enuncionado e comecei pela terceira folha novamente, a peça ficou masi reduzida, mas consegui fazer. pergunta. minha peça será corrigida, ou por ter anulado duas folhas não vai ser corregida. grato.

  211. Professor,

    Bom dia!

    Sublinhei uma palavra em uma questão para dar ênfase.

    Constatei que algumas pessoas fizeram a mesma coisa e você disse que não há problema de anulação, contudo, a orientação é no sentido de que não se faça isso.

    O professor já soube de algum caso de anulação por este motivo? a prova toda seria anulada ou apenas a questão em que conta a palavra sublinhada?

    Obrigada.

    1. Samira, muita gente traz informações que suas peças foram anuladas e “escolhem” alguns motivos, pois “acham” que determinada coisa que fizeram restou como motivo para tanto. Como eu só recebo a informação sem a prova, tenho que acreditar e ponderar. Assim, já teve gente dizendo que teve sua peça anulada por que ressaltava palavras em toda ela. Por essa razão, sugiro que não façam. Por outro lado, muita gente já sublinhou e não teve problema algum. Acredito que não haverá problema algum. boa sorte.

  212. Boa tarde Professor, fiz a prova de Penal do exame XIV e, elaborei uma RESPOSTA Á ACUSAÇÃO, acontece que quando percebi que era MEMORIAIS já tinha escrito umas 3 laudas. Então, RISQUEI o nome da peça e escrevi a correta acima(na mesma linha), sem ultrapassar a linha de cima, será que irão anular minha prova? obrigado e parabéns pelo Blog

    1. Ivor, é a 1ª vez que vejo isso, alguém escrever na mesma linha de algo que não quer que seja considerado… Infelizmente, tudo leva a crer que não aceitarão, pois deveria ter riscado as 3 laudas e ter escrito nas duas seguintes. Esse seria o caminho correto. Mas fiquei curioso, quando sair o resultado nos avise, ok, pois será a 1ª decisão sobre isso que tenho notícia. boa sorte.

  213. Professor, bom dia!

    Me esclarece, por gentileza, uma dúvida.
    Em alguns itens das questões (A, B ou C) do exame XIV de tributário, eu coloquei o artigo divulgado no padrão de resposta da OAB, porém, além desses, coloquei outros artigos que ali não estavam exigidos. Há possibilidade de atribuirem alguma nota ou zerei o item?

    Parabéns pela iniciativa. Tenho certeza que vários examinados ficaram mais calmos com os seus pareceres.

    1. Mario, obrigado pelo carinho. O que sempre digo é que “o que abunda, não prejudica”, claro, desde que as teses sejam compatíveis. Apenas você não pontuará sobre isso que trouxe a mais, mas se fosse incompatível, poderia não pontuar nem no que você acertou. bons estudos.

  214. Professor, na peça de constitucional eu mencionei em um dos fundamentos o dispositivo correto, mas não lembro de coloquei, “da Constituição Federal”… exemplo: Artigo 37,I… sem colocar a Constituição. Isso torna inválido o artigo elencado?

  215. Boa tarde professor;

    No gabarito da peça saiu o nome de MEMORIAIS, porém, nomeei a peça de Alegações Finais. Terei a peça zerada?
    Obrigado.

  216. Professor como o senhor tinha pedido estou aqui pra avisar que minha peça foi corrigida e fui aprovado no exame da ordem, fiz trabalho e no final da peça coloquei Manaus, dia/mes/ano

  217. Boa tarde, fiz a segunda fase em tributário agora nesse ultimo exame XIV, caiu MS, mas infelizmente fiz ação anulatória, o prazo do recurso é até amanha 12hs, vocês possuem algum tipo de recurso específico para esse caso ? tirei 50 na prova pois acertei todas as questões e acertei também o mérito da peça, mas infelizmente errei o nome dela…..tem como me ajudarem? Estou desesperada!

  218. Professor, boa noite…
    professor no caso dessa prova de hoje da segunda fase da oab, no penal caiu queixa crime só que no caso de um erro somento no preâmbulo colocando oa artigos da queixa crime subsidiária sendo que foi uma queixa crime comum, mas acertando todas as teses , pedidos e endereçamento, o senhor acha que a oab pode zerar a peça?
    Resumindo… a peça esta toda certa , somente houve um equívoco no preâmbulo de colocar os artgs da queixa crime comum foi colocado queixa crime subsidiária da publica. Estou com medo de zerar a peça , o que o senhor achar ?

    Aguardo ansiosamente a resposta!!

    1. Michelle, tenho dúvidas, pois queixa-crime subsidiária seria uma peça totalmente nova em relação a QC “normal”? A princípio, do pouco que sei de penal, a origem do problema é diverso para o cabimento. Sinceramente, não sei o que a banca considerará. Nos deixe informados do resultado. boa sorte.

  219. Professor acabei de fazer a prova de civil um recurso especial porém não fiz a folha de rosto. Você acha que é motivo para zerar? Obrigada pela atenção.

  220. Professor, na parte de qualificação no polo passivo em vez de colocar os sócios da empresa, coloquei a empresa, posso zerar a peça?

  221. Oi professor, bom dia!!!
    Eu denominei a peça de Exceção de Pré execução, sendo que no gabarito sai Exceção de pré- executividade.
    É provável que zerem minha peça?

  222. Fiz o XV Exame de ordem, fui bem nas questões, a peça era Exceção de pré-executividade (Tributário), mas coloquei com pedido de tutela antecipada. Fundamentei corretamente com relação à prescrição e tudo o mais, mas estou com medo de zerar por causa do pedido de tutela antecipada.

  223. Professor fiz direito civil quero saber na hora de colocar nome dá peça fiquei em dúvida coloquei julgamento ordinário mas era especial . Tenho alguma chance. As 5 questoes acertei

  224. Professor, bom dia, na prova de penal de ontem qualifiquei as partes como “brasileiros”, será que da algum problema? Obrigado

  225. Professor, eu errei o ultimo dia do prazo, era pra ser no dia 21, eu coloquei dia 20, será que isso vai gerar um grande prejuízo.

    Também não fiz um tópico do Prequestionamento na peça de Recurso Especial, será que a banca vai tirar muitos pontos?

  226. Ola professor. Risquei algumas palavras na minha peça, porem escrevi outras acima dela, e nao ao lado, pois nao tinha maos espaço. Gostaria de saber se isso gera identificacao e pode zerar a peça. Aguardo sua resposta ansiosamente. Obrigada.

  227. boa noite… nesse xv exame em penal, acabei por nao colocar o crime de difamaçao do art 139 no meio da alegação da queixa crime, porem, coloquei sobre a injuria do 140 e a agravente do 141,III, sera que vou muito ponto por isso..

  228. Bom dia Professoar.

    Fiz trabalho XV, e atribuir valor da cuasa ao RO, é passível de anulação e zerar a Peça.

  229. Olá professor! Eu costumo colocar o horário no meu caderno de rascunho, sempre! (Agora, nunca mais! Em prova nenhuma!;/), na segunda página da folha definitiva, por desatenção, eu acabei colocando o horário que eu tinha perguntado ao fiscal na parte superior da prova (fora do texto), quando percebi o que tinha acontecido, passei um risco e fiquei desesperada. Acabei tentando esquecer e respondi o resto da prova. Foi agora no XV Exame. O que o senhor acha? Que eles podem achar que foi uma suposta “identificação de peça”? Fiquei com medo…

  230. caro Professor: Gostaria de receber uma luz sobre um erro que cometi na prova de penal : enderecei a peça para o juiz da vara criminal e na fundamentação da queixa crime acabei colocando o artigo 41 e no nervosismo, fundamentei com o código penal. até agora não sei porque fiz isso. pressão a mil por segundos. será que zerei minha peça? orientem-se , por favor. um grande abraço.

  231. Boa noite professor!
    Errei uma lauda da prova, risquei na diagonal e escrevi embaixo “sem efeito”. Isso gera anulação? Grata.

  232. Olá, professor Marcelo. Fiz civil na segunda fase do XV Exame da OAB. No entanto, coloquei equivocadamente no “Local e Data” o seguinte: “Rio de Janeiro, 21 de maio de 2014.”, pois o recurso era para ser interposto no TJ/RJ, e eu sem pensar coloquei o município.

    Eu li os comentários anteriores do senhor falando que indicar o município do enunciado não é suficiente para anularem a peça. O senhor ficou sabendo de alguma prova que foi anulada por causa disso?

    1. Rubens, depende do contexto. No caso da banca avaliar se o recurso, p.ex., foi interposto dentro do prazo, ok. Agora quanto à cidade, observa-se a dificuldade de identificar uma peça quando muitos outros examinandos utilizam a cidade que o problema fornece. Agora se você inventar uma cidade, p.ex., de onde vc está fazendo a prova, difícil de sustentar. boa sorte.

  233. Professor, fiz o XV exame em civil e ao final nos pedidos do Recurso especial coloquei “protesto provar o alegado por todos os meios de provas admitidos em direito”, será se é caso de zerar a peça?!

  234. Professor fiz a peça certa mas pelo nervosismo aquela parte termos em que pede deferimento escrevi na questão número 01….percebi o erro e passei um risco e terminei a peça em 2 linhas. Respondi a questão 1 normal abaixo dos riscos….anula a prova? Obrigada pela atenção

  235. Professoar no final da peça coloquei local e data, mas esqueci de colocar advogado oab, tem bronca?

  236. professor:
    O colega Jose Fernando , perguntou ao senhor se errando o endereçamento da peça , era motivo para zerar. O senhor respondeu que sim. eu perguntei ao senhor nos mesmos termos, pois eu acabei por endereçar a peça para a vara criminal. No entanto, o senhor me respondeu que , no seu entendimento, não seria motivo para zerar. Estou um pouco confuso. por favor professor, nos dê uma ” luz “. abraços.

    1. José, desculpa, talvez quando tenha respondido estava com mais de 200 questionamentos em aberto e pensei numa resposta para uma pergunta que não era… enfim, a resposta é: não zera. boa sorte.

  237. Bom dia caro mestre:
    Muito obrigado pela atenção mais uma vez. Realmente , é dificil para o senhor com tantos questionamentos para responder. Agradeço pela força que tem dado a todos nós aflitos depois de uma maratona dessas. Tens um coração cheio de bondade. Suas palavras nos traz um pouco de tranquilidade antes do resultado final. Mais uma vez , muito obrigado e que Deus te ilumine sempre e a sua família.

  238. Boa tarde Professor, és a nossa luz nesses momentos de ansiedade, gostaria de saber como é organizado a pontuação no caso de penal, a banca tem organizado os pontos, só deu o gabarito e a distribuição, por exemplo a peça, como ficaria os pontos?

  239. Bom dia professor.
    Gostaria de saber se podes me ajudar no tocante a um erro cometido na prova de tributário deste último exame. Fiz o pedido de antecipação de tutela (Exceção de Pré-executividade com pedido de antecipação de tutela). No entanto, a doutrina entende que não cabe este pedido por não se tratar de ação e sim incidente processual e há julgados nesse sentido. Neste caso, minha peça é zerada?

  240. Professor, minha dúvida é em uma peça de um concurso q fiz em Fortaleza CE, (delegado) na questão vinha falando q o caso aconteceu em uma AV famosa da cidade, citou duas ruas da cidade, inclusive falando de uma feira de artesanato muito conhecida aqui em Fortaleza, no entanto não disse no enunciado q era em Fortaleza, muita gente endereçou p Fortaleza inclusive eu. quero saber se perde muito ponto ou se chega a zerar a prova. Particularmente acho q induziu muito os candidatos que moram na cidade. Sei q não é da OAB mas se o senho puder me dá uma luz eu agradeço muito.

    1. Daniel, pode ser considerado como identificação se EM NENHUM MOMENTO falou em FORTALEZA, apesar de todas as características do problema. Infelizmente, é isso. Me diga do resultado, boa sorte.

  241. Professor, estou muito preocupada que a minha prova seja anulada. Eu não fiz nada na peça, pois isso fiquei muito focada em não fazer nada que pudesse anular. Entretanto na última questão eu errei uma resposta inteira e rabisquei. Fiz uma outra resposta correta e coloquei uma seta indicando, ” favor considerar esta”. Fiz sem maldade nenhuma, mas depois ao comentar com as pessoas me disseram que minha prova pode ser anulada por marcação. Estou desesperada, pois fiz uma boa prova. Fiz Civil e até a peça que foi muito difícil e inesperada (Recurso Especial) eu fiz tudinho. O que você acha?

    1. Paloma, a boa técnica pede que para este tipo de consideração seja evitada, bastava a seta. Mas enfim, dependerá da interpretação do examinador, creio que deverá passar batido. boa sorte.

  242. Professor, gostaria que o senhor tirasse a minha dúvida. Eu fiz a penal e caiu uma queixa crime, só que ao invés de fazer uma peça simples eu remeti ao tribunal será que irão zerar a minha peça?

  243. Professor, cometi dois possíveis erros na minha prova da OAB hoje. 1º: ao citar uma súmula, coloquei a sigla STJ, pois não havia mais espaço na linha. Após, risquei a frase, inclusive o STJ, mas como era a última linha da página, não deu para colocar Superior Tribunal de Justiça por extenso. 2º: Durante a prova, minha caneta escorregou da minha mão e caiu em cima da prova, fazendo um pequeno risco na parte inferior da página. O sR. acha que algum desses erros podem ser considerados como marcação de prova e eu ter minha prova zerada?
    Orbigado.

  244. Professor, a peça de penal era agravo em execução, do nada me confundi e coloquei embargo em execução. Embora tenha posto a fundamentação correta, art. 197 e 65,e, da LEP. A minha peça será zerada?

  245. Professor, primeiramente quero agradecer a resposta da minha dúvida anterior, realmente não houve problema com o vade mecum.

    Agora estou com outra dúvida sobre poder ter zerado a peça.

    Fiz a prova de Penal e no enunciado da questão havia referência ao juízo da Vara da Execução Penal da comarca do Rio de Janeiro-RJ. Enderecei a interposição da peça, como esperado pelo gabarito, a este juízo. E as razões ao Tribunal de Justiça do RJ. Até aí tudo bem.

    Mas, ao datar a peça no último dia do prazo, também coloquei o local como Rio de Janeiro. Será que a peça pode ser zerada por isso?

    Vi comentários acima sobre um caso semelhante.

    Obrigada desde já!

  246. Professor, estou com medo! Na hora da prova, pela falta de tempo eu escrevi valor da causa e produção de provas no recurso de apelação, sei que não cabe. Isso zera a peça? Obrigada desde logo a atenção.

  247. Professor,
    Fiz a prova de direito civil ontem, e a peça foi contestacao. Fiz tudo normalmente, mas depois de escrever o “nestes termos, pede deferimento” e o “local, data, advogado oab” lembrei que faltava uma coisa no merito. Por isso escrevi “Do direito” e escrevi um pequeno paragrafo completando minha tese. Nao extrapolei o limite de folhas e tambem nao me identifiquei. Pode ser passivel de anulacao?
    Obrigada

  248. Professor, estou com uma dúvida muito grande. Ontem, fiz segunda fase de penal do XVI Exame, e a peça era Agravo em Execução, com fundamento no art. 197 da LEP. Eu coloquei: Agravo em Execução, com fundamento no art. 197 da LEP c/c art. 581, inciso XII do CPP. Eu zerei a peça?
    Desde já agradeço.

  249. Professor, fiz penal na segunda fase. Acertei o nome da peça, que era agravo em execução, bem como, a fundamentação legal. Porém, nas razões, por distração, coloquei contra-razões, mas com a fundamentação correta.

    Estou com muito medo de zerar a peça! Isso pode ocorrer?

  250. Bom dia professor;
    Fiz o XVI exame, ontem, na aréa de trabalho e a peça fiz correta, um RO, no corpo da peça, em um dos tópicos errei a argumentação e fundamentação. Isso zera a peça?

    Nas questões para resposta na 1, ficou assim
    Item a –
    b-
    Nas outras
    A-
    B, ter escrito item a, é identificação?

    Agradeço desde já!

  251. Professor, bom dia,, estou angustiado com algo que fiz ontem na prova do XVI exame..
    A peça era uma apelação, e na pressa acabei colocando no endereçamento para o TRF, assim: EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA — REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO…
    por conta disso, terei minha peça zerada?

  252. Estou completamente desesperado! não sei se minha peça vai ser admitida, ainda que em parte ou zerada (?!)
    PRIMEIRAMENTE:
    Datei a minha peça 28.03.2015, data em que se deu o quinquídio legal (Súm.700, STF). Inobservei que o dia (28) caiu num sábado (dia não útil). A exigência preliminar fala que eu deveria datar dia (30) próximo dia útil posterior ao prazo de interposição. TENHO MEDO DE ZERAR POR ISSO!

    O SEGUNDO ERRO:
    Escolhi DIREITO PENAL, Acertei o “nomen juris” da PEÇA de defesa, os requisitos da peça de interposição foram todos preenchidos, inclusive o que muita gente errou, digo, sobre o juízo de retratabilidade. Contudo, pequei quando utilizei-me do ART. 112, da LEP, que fala-se de PROGRESSÃO DO REGIME PRISIONAL, argumentei que o Recorrente/Agravante GILBERTO, deveria “a priori” iniciar o cumprimento de sua pena no regime SEMIABERTO, haja vista que, a pena lhe imposta não ultrapassa o “quantum” de 08 anos como pena total, argumento forte naquilo que dispõe o ART. 33, §2º, ALÍNEA “b”, do CP. E negligentemente utilizei-me do ART. 112, da LEP, como já dito, ao invés de usar o ART. 83, inc. I, do CP, específico para LIVRAMENTO CONDICIONAL, logo aleguei em favor de GILBERTO, que quando ele completou 1/6 da pena em 15.06.2014, já deveria, portanto, obter a benesse almejada para cumprir a reprimenda no regime menos gravoso, no caso, o ABERTO, quando GILBERTO cumpriu 1/6 de sua reprimenda. Apesar de mais benéfico ao réu a minha tese, do que se pleiteasse o LIVRAMENTO com norte no ART. 83, inc. I, do CP, que exige como condição de ser agraciado pelo LIVRAMENTO CONDICIONAL, o “quantum” de mais de 1/3 da pena fixada, e este “quantum” não se via COMPLETO na data de 25.03.2015, quando formulado o PEDIDO DE LIVRAMENTO feito A VARA DE EXECUÇÃO PENAL DO RIO DE JANEIRO/RJ.
    QUERO AJUDA SOBRE MINHA POSTURA NA PROVA E POSSÍVEL RESULTADO, DESDE JÁ, MEU MUITO OBRIGADO, A TODOS OS OPERADORES DO DIREITO, QUE ME AUXILIAREM.

  253. Olá Professor, estou angustiada, cometi um erro que pra mim é fatal. Na prova de penal dei à peça o nome de agravo de instrumento com fundamento no 197 da LEP, mas era de AGRAVO DE EXUCUÇÃO com base nesse mesmo artigo. Mas não percebi quando escrevi, foi automático, sei que não existe agravo de instrumento em penal, e queria dizer que era de execução, porém cometi esse erro grosseiro. Ao verificar o gabarito preliminar lançado pela fgv acertei todas as teses, fundamentações e pedido…Mas ter trocado a palavra de EXECUÇÃO por INSTRUMENTO acho que zerou minha prova. Estou certa?

  254. Professor Dr. MARCELO, falo sobre o o Exame Unificado XVI – 2ª FASE, realizado no dia 17-05-2015.

  255. Olá professor.
    Fiz a prova de tributário ontem e acabei colocando valor da causa e deferimento de juntada de documentos comprobatórios.na peça de apelação. Perderei muitos pontos por isso?

  256. ola professor, gostaria de tirar uma duvida, fiz direito do trabalho, mais nas razões, em alguma teses esqueci o artigo, mesmo assim apresente a tese com minhas palavras, estava correta porém faltando o artigo. quantos pontos será descontado de cada tese, lembrando que deve valer media de 0,80 cada tese.
    desde já muito obrigado.

  257. Ola professor, eu fiz a prova de trabalho. Fui bem, mas pequei na qualificação da peça, coloquei sociedade empresária pedreira tnt ltda. Estou com muito medo qur fulminem a minha peça… Se puder me responder, agradeço.

  258. Professor, eu só fui saber agora que era para usar reticências e acabei usando um traço em vez disso.

    botei no endereçamento ___ da Região.

    Na folha de rosto do recurso também botei, oab nº ____

    e por fim, botei outra que o depósito recursal foi recolhido no valor de R$___

    Será que minha prova será zerada? eu li que era difícil e tal, mas no edital tem que é para usar reticências.

  259. Professor, em peça de contestação, arguir artigos que não constam do espelho ou pedir, por exemplo, afastamento do pedido de dano moral (quando também não consta do espelho), gera redução na nota? Em caso positivo, a redução é substancial?

  260. Professor.
    Fiz a prova de administrativo de ontem dia 17 de maio da 2 fase. Acertei toda a peça professor, com exceção da fundamentação … usei artigos correlatos mas não os que estão no espelho… o senhor acredita que a fundamentação se uma ação de obrigação de fazer com pedido de tutela antecipada com apenas 2 artigos como base devem ser pontuados em quanto mais ou menos????

  261. Professor, fiz apelação e na peça de interposição ao invés de colocar razões de apelação coloquei razões de contrarrazões, a peça é anulada?

  262. Professor Bom dia!
    Fiz tributário e na peça de interposição das razões, coloquei interposição de contrarrazões, isso zera a peça?

  263. Professor, fiz Administrativo na segunda fase e a peça, segundo divulgado pela FGV, era uma ação de conhecimento com pedido de tutela antecipada.
    Fiz o capítulo da tutela antecipada e incluí nos pedidos sua concessão, mas no preâmbulo não mencionei a tutela antecipada.
    No desespero da falta de tempo e de espaço, acabei me esquecendo de colocar o “dá-se à causa o valor de…”.
    Apesar de ter feito a ação de ordinária, posso zerar a peça por não ter mencionado a tutela? E por ter me esquecido de colocar o valor da causa?
    Obrigada!

  264. Professor, sei que pra fazer apelação, tenho que direcionar ao a quo e depois ao ad quem, mas por conta do tempo curto que me restava, optei por fazer apenas o ad quem, onde constaria minha fundamentação. Sei que perderei muitos pontos por conta disso e coloquei no nome da peça “razões de apelação”. Há chances de zerar por conta disso? Por mais que tenha perdido pontos substanciais pelo que mencionei acima, tem várias coisas corretas na peça que poderiam agregar bons pontos no final, mas estou com essa dúvida por ter colocado Razões de Apelação e não Recurso de Apelação. Obrigada!

  265. Prof. Na segunda folha da peça eu iniciei uma palavra na qual errei as duas primeiras letras, nisso passei tantos tracinhos que formou quase uma bola…será que pode dar errado e eles acharem que me identifiquei? No mais acertei toda a peça e duas questões e meia… desde já obg!

  266. Professor, por favor me tire essa dúvida: na minha peça de Direito Constitucional, ADI, cometi o seguinte erro: coloquei na qualificação que o partido político era representado pelo seu Diretório Nacional, todavia no caso dizia que o partido político era representado por apenas um deputado. Esse erro anula minha peça?

    Outro erro que cometi, foi acrescentar um tópico desnecessário na peca: ”dos fatos”, pelo gabarito ele não era necessário. E sobre esse erro? Agradecida!

  267. Boa tarde professor, na minha peça está tudo normal , local data, advogado oab, tudo certo, o meu medo é nas questões , pois quando fui escrever minha quarta questão transcrevi a segunda novamente e percebi já na metade da folha , na hora do desespero fiz um X na questão errada e comecei a escrever novamente a resposta correta , tenho medo deles classificarem como marcação , fiz o XVI exame direito penal,

  268. Na prova de 2ª fase, eu não me atentei ao fato de que a resposta de cada questão deveria ser elaborada em uma folha. Depois de utilizar as cinco folhas para peça, fiz as questões 1 e 2 na primeira folha e as questões 3 e 4 na segunda folha. Quais as consequências? Há possibilidade de a partir de um recuso analisarem minhas questões?

  269. Bom dia! Gostaria de parabenizá-lo pelo Blog pois é de grande ajuda neste momento em que nos sentimos tão desamparados. Fiz civil e acertei a peça e cometi erros bobos nas questões, mas o que me preocupa e tem tirado meu sono é o fato de que no momento da prova meu vade começou a cair e para pegá-lo, naquele nervosismo todo acabei acidentalmente riscando a parte de baixo da folha de uma das respostas bem no finalzinho. Será que eles entenderão isto como identificação?

  270. Professor, boa noite!
    Fiz a prova de direito do trabalho e ao invés de fazer RO, procedi em Embargos de Declaraçao por obscuridade pois naquestão não constava o porquê da concessão de danos morais, fundamentei pela inobservância do principio da motivação das decisões. O gabarito me frustrou muito, pois acertei todas as questões discursivas e seus fundamentos, mas já vesti a carapuça do zero na peça. Possui alguma opinião?
    Obrigada

    1. Mari, minha opinião foi a interpretação equivocada sobre a situação posta. Ademais, ED não é uma peça que se exija em provas, pois é simples demais. bons estudos.

  271. Oi Professor, na prova de trabalho (XVI exame), coloquei no endereçamento
    DA ___ REGIÃO”.
    Depois, com mais tempo, procurei a região e coloquei “12°” no espaço que eu tinha deixado (em cima da linha) Pode implicar na identificação de peça?
    Ainda, professor, em uma das questões sobre o modo do pagamento dos domingos trabalhados para que tem a joranada 12×36, no espelho da prova a resposta era que o pagamento se dava normalmente e eu respondi que se dava de modo simples. Estari errado? Desde já agradeço.

  272. queria MUITO que alguém me respondesse uma coisa: existe em algum lugar a previsão de que quando se erra deve-se riscar com um traço simples?

    Estou com essa dúvida, porquanto no EDITAL não diz NADA sobre isso, somente diz que não pode haver riscos, manchas, rubricas, etc.. sob pena de ANULAÇÃO. Já na folha de rascunhos não há NADA a esse respeito.

    acabei riscando MUITAS vezes as palavras que errei, fiz umas machinhas realmente. ALGUÉM ME AJUDE!!!! SOCORRO, professorrr1!!!!

  273. Professor, boa tarde.

    No último exame de Direito Administrativo caiu uma apelação. Eu identifiquei a peça e interpus o recurso correto, porém não enderecei a apelação ao Tribunal, somente ao juiz de primeiro grau, então o recurso ficou relativamente correto, com os fundamentos certos, peça certa e pedidos certos… mas endereçada ao juiz de primeiro grau. Corro o risco de zerarem minha peça, ou irão levar em conta os acertos? Desde já agradeço. Att

  274. Boa tarde professor! Fiz a prova na área trabalhista. Coloquei a tempestividade do recurso Ordinário errado, assim como o preparo. Corro risco de não ter a prova corrigida?
    E ainda outra dúvida: em uma questão, coloquei a resposta certa, mas, além dela, coloquei outra medida cabível. Zera a questão, vale parcial?
    Obrigado

  275. Professor boa noite na peça escrevi juiz da vara criminal de Manaus/Amapá isso zera a minha peça? Estou desesperada não sei aonde arrumei isso era para ser Manaus/am

  276. Ola Carla,
    Fiz direito do trabalho e cometi o mesmo erro seu, errei a sigla do Estado, ao invés de colocar PB – Paraiba , coloquei PA.
    Me diga , como ficou o resultado da sua prova, porque a minha foi considerada como identificação e fui eliminada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCA RÁPIDA

Visitantes

2.507.346 desejam passar na OAB e em Concursos

Redes Sociais

Agenda OAB

XXIII Exame de Ordem Unificado

  • 23.07.2017

    Prova objetiva 1ª fase

  • 07.08.2017

    Resultado preliminar

  • 08.08.2017
    a
    11.08.2017

    Prazo recursal 1ª fase

  • 22.08.2017

    Gabarito definitivo

  • 17.09.2017

    Prova dissertativa 2ª fase

  • 10.10.2017

    Resultado preliminar

  • 11.10.2017
    a
    14.10.2017

    Prazo recursal 2ª fase

  • 24.10.2017

    Resultado definitivo