Brrrrrrrr… que medo!

Compartilhe:
A crítica se desmanchou de elogios ao novo sucesso cinematográfico comparável a Bruxa de Blair, ATIVIDADE PARANORMAL, ainda em sessões de pré-estréia no país.
Portanto, fui convicto que assistiria algo realmente pertubador. E é bem verdade que este efeito pode acontecer a pessoas mais sensíveis, mas comigo, sei lá, ficou bem aquém do que esperava. Sofri muito mais com QUARENTENA (ou REC, versão original) e com CLOVERFIELD nos melhores dos sentidos, não sei se você me entende…

Meu conceito de filme de terror é como andar de montanha russa, com altos e baixos, com muitos sustos e momentos para “respirar” e se preparar para novas emoções. É por isso que assisto a muitos filmes de terror: diversão total! É bem verdade que não é qualquer um que me chama aos cinemas. Coisas do tipo Jogos Mortais tô fora! Acho sem graça Jason e Cia Ltda.

Mas voltando para ATIVIDADE, segue a linha dos filmes citados acima, do tipo material verdadeiro encontrado depois dos acontecimentos bizarros. Um casal (Micah e Katie) percebe que alguma coisa está acontecendo enquanto eles estão dormindo e resolvem deixar uma câmara ligada até documentar o que Katie suspeita que seja algum evento PARANORMAL.

Talvez Micah, incrédulo até as primeiras imagens, toma decisões que chega a irritar pela irracionalidade ou pela burrice, pois se fosse um casal “normal” teria seguido outros caminhos antes de chegar ao desfecho.

Isso me incomodou, como também, da “manifestação” da atividade paranormal e que eu acreditava que seria mais sutil ou apareceria bem mais tarde justamente para evitar as atitudes de Micah. De qualquer sorte, está bem acima da média dos últimos filmes de terror, grande maioria, versões revisitadas ou continuações de sucessos.

Ao final da sessão lotada – lembrei novamente de Bruxa de Blair – muita gente vaiou e outra parte aplaudiu (aplausos tímidos, é bem verdade). Não posso negar que levei um baita susto no clímax, mas também já fiquei muito curioso com o final alternativo cortado na edição por ser mais violento e que está presente no DVD que será lançado ao final do ano nos Estados Unidos.

Com o estrondoso sucesso, afirmam as boas linguas que teremos uma continuação… lembrei mais uma vez de Bruxa de Blair: a continuação foi um fracasso retumbante que os diretores do filme nunca mais conseguiram fazer nada, parece que ficaram presos a esta maldição… Eu já não achei tão ruim assim, quem sabe Atividade Paranormal 2 seja, definitivamente, surpreendente como DISTRITO 9 ??

Comentários

  1. Na edição de VEJA do dia 2/12/09, a jornalista Isabela Boscov elogia esta obra, agora, ultrapassando Bruxa de Blair no quesito filme com maior rentabilidade da história do cinema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCA RÁPIDA

Visitantes

3.050.998 desejam passar na OAB e em Concursos

Redes Sociais

PDO CONNECTION ERROR: SQLSTATE[HY000] [2054] The server requested authentication method unknown to the client