É possível estudar para OAB sem ver todas as disciplinas?

Compartilhe:

Recebi nos últimos dias um email interessante, apesar de ser uma dúvida comum daqueles que irão realizar a 1ª fase da OAB. Se é possível estudar para OAB sem precisar olhar para todas as 17 disciplinas. No caso em concreto, a leitora perguntava se poderia deixar de lado também Processo Civil.

Uma das racionalidades que tanto prego para a preparação para 1ª fase da OAB é estudar – pelo menos – duas disciplinas por dia durante os sete dias da semana. Essa estratégia só tem PONTOS POSITIVOS, quais sejam:

  • manter atualizado o todo o conteúdo semanalmente, ao contrário, se fosse apenas 1 disciplina por dia, o que ocorreria apenas quinzenalmente;
  • estudar mais de uma disciplina por dia aumenta não só a disposição como exercita melhor as atividades cerebrais.

Vamos imaginar que eu comece com Direito Civil numa segunda-feira, dia 1º, com uma agenda de 1 disciplina por dia, numa preparação completa. Assim, a próxima vez que eu estudarei o conteúdo será dia 18, uma quinta-feira, na terceira semana do mês. Será que perde conteúdo? Até achar onde parou na matéria, perderá também tempo e sempre a dúvida se o que foi estudado foi compreendido.

Se eu quiser estudar TODAS as disciplinas, duas por dia, 14 disciplinas estarão envolvidas no cronograma. Portanto, três ficariam de fora. No entanto, há soluções e dentre elas a possibilidade também de excluir três delas!

OPÇÃO 1: estudar 2 disciplinas por dia e deixar as 3 disciplinas com maior índice de acertos, segundo a FGV, para estudar na última semana: CDC, ECA e ÉTICA.

OPÇÃO 2: estudar 2 disciplinas por dia nos dias úteis e nos finais de semana aumentar a carga, distribuindo entre sábado e domingo 3 disciplinas: CDC, ECA e FILOSOFIA DO DIREITO. São disciplinas com abordagem limitada.

OPÇÃO 3: estudar 2 disciplinas por dia, mas retirar da agenda AMBIENTAL, INTERNACIONAL e DIREITOS HUMANOS, todas disciplinas com 2 questões cada e que exigem amplo conhecimento legislativo.

Apenas uma observação quanto à opção 3: há conteúdo constitucional a respeito destas três disciplinas que volta-e-meia é cobrado em provas e é de fácil (e rápida) compreensão. Portanto, uma passada de olhos pode valer 1 acerto garantido!

Respondendo, então, à pergunta inicial, sim, é possível estudar sem ver todas as disciplinas, MAS veja que tiramos “apenas” 3 disciplinas e com algumas observações, sem eliminá-las por completo. O problema de retirar Processo Civil, como me foi perguntado, é que a matéria tem 7 questões, portanto, é muita coisa para ignorar no Exame.

Por outro lado, já vi gente sugerindo eliminar os estudos de todas as disciplinas com baixa incidência na prova, o que daria cerca de 20 questões de 80 questões. Sim, basta 40 acertos, mas a sugestão é EQUIVOCADA porque não observa as peculiaridades do examinando, que pode ter grande dificuldades nas disciplinas com alta incidência (tipo Processo Civil) e ter realizado, p.ex., seu TCC em CDC ou gostar de tributário ou empresarial (mentira professor, ninguém gosta de empresarial!).

Quem propõe isso deseja é diminuir o tempo de estudos, no entanto, é um atalho perigosíssimo, como exigir de alguém “aprender na marra” algo que tem dificuldades históricas e que não conseguirá acertar nem a metade das questões. Não há mágica, e isso é que deve ser consignado. Há estratégias, o que é diferente.

Fica a nossa dica para um livro que está mudando o mindset do pessoal concurseiro e quem está se preparando para OAB: Poder da Aprovação Coaching + Mentoring para OAB e Concursos (Editora Saraiva). Clique na capa abaixo e saiba mais!

Comentários

  1. não irei estudar direito ambiental, direitos humanos e filosofia do direito. Na matéria, o senhor “eliminou” o direito ambiental, direitos humanos e direito internacional. Por que é necessário estudar filosofia e não direito internacional?

    1. Ana, direito internacional é como fosse direitos humanos, muita matéria para poucas questões. Filosofia do Direito tem sido mais fácil prever as questões que são cobradas. bons estudos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCA RÁPIDA

Visitantes

2.808.334 desejam passar na OAB e em Concursos

Redes Sociais

Agenda OAB

XXV Exame de Ordem Unificado

  • 23.01.2018

    Publicação do edital

  • 23.01.2018
    a
    02.02.2018

    Período de inscrições

  • 23.01.2018
    a
    02.02.2018

    Período de solicitação de isenção da taxa de inscrição

  • 05.03.2018

    Resultado definitivo da análise de solicitações de isenção da taxa

  • 08.03.2018

    Prazo limite para pagamento da taxa de inscrição

  • 02.04.2018

    Divulgação dos locais de realização da prova objetiva

  • 08.04.2018

    Realização da 1 ª fase (prova objetiva)

  • 08.04.2018

    Divulgação do gabarito preliminar da prova objetiva

  • 23.04.2018

    Resultado preliminar da 1ª fase

  • 24.04.2018
    a
    27.04.2018

    Prazo recursal contra o resultado preliminar da 1ª fase

  • 08.05.2018

    Divulgação do gabarito definitivo da 1ª fase

  • 08.05.2018

    Divulgação do resultado final da 1ª fase (prova objetiva)

  • 21.05.2018

    Divulgação dos locais de realização da prova prático-profissional

  • 27.05.2018

    Realização da 2ª fase (prova prático-profissional)

  • 27.05.2018

    Divulgação do padrão de resposta preliminar da prova práticoprofissional

  • 19.06.2018

    Divulgação do padrão de respostas definitivo e do resultado preliminar...

  • 20.06.2018
    a
    23.06.2018

    Prazo recursal acerca do resultado preliminar da 2ª fase

  • 03.07.2018

    Decisão dos recursos acerca do resultado preliminar e divulgação do...