Era uma vez… cursos preparatórios para concursos.

Compartilhe:

Era uma vez, quando não existia internet ou ela servia para tudo, menos para Ensino à Distância (EAD), um cenário que permitia centenas de empreendedores investirem em cursos preparatórios para concursos públicos e OAB. Gerava muito trabalho também para professores. Tudo era muito artesanal e local. Era orgânico.

Com este ambiente de saudosismo, pedi ajuda a um colega de profissão (e ex-colega de faculdade), o prof. Leandro Roitman, para fazer um levantamento dos cursos preparatórios daqui do RS que já fecharam, especialmente, aqueles que algum dia fizeram sucesso antes do EAD dominar o mercado.  A verdade é que muitos fecharam as portas sem mesmo ter uma chance de “adaptação”, portanto, não é possível apontar um único motivo. Gerenciamento frágil, desistência do negócio, desconexão com o mercado, falta de dinheiro, enfim, há diversas razões para eles não existirem mais.

A verdade é que o EAD não acabou com os cursos presenciais, até porque muitos alunos não conseguiram a mesma “adaptação” que diversos preparatórios também não tiveram. Portanto, há uma legião de alunos que se matricula em presenciais, visto que a internet é para eles tudo, menos ambiente de cursos. A distração pode ser uma das razões, mas há tantas outras que impedem o aprendizado que eles têm com o professor em “carne e osso”.

Eu confesso que tenho as minhas dificuldades com aulas pela internet, minha preferência é por aulas presenciais, mas não vence nenhum de todos os benefícios que traz o EAD. Apenas para ilustrar: custos menores, não precisa se deslocar nem se expor, repetir a vídeoaula, aula dedicada sem interrupções (caso das aulas em estúdio), etc.

Realmente, a internet democratiza a educação, sem dúvida alguma. É verdade também que há muita coisa ruim por aí, mas também tinha na “Era dos Presenciais”. A tecnologia tem o objetivo natural de melhorar a vida das pessoas, mas também tem os seus efeitos colaterais. No caso dos preparatórios, cortou o número de vagas para docentes, porque uma gravação rende muito mais do que aula “offline” que se encerra quando termina o horário.

Em razão disso, se o EAD foi o vilão, também está oportunizando para muitos professores terem seus próprios preparatórios, algo bastante impensável há uma década atrás (custo de salas de aula, funcionários, infraestrutura, etc.). Basicamente, um quarto, câmera, iluminação, áudio e um site faz um novo preparatório. Neste aspecto, cada vez mais docentes assumem o controle de sua profissão de forma autônoma.

O RS já foi um ambiente de centenas de preparatórios, sempre respeitados pela “concorrência” externa. Na “Era do EAD”, poucos sobrevivem, pois concorrem com todos os outros do país. E dos sobreviventes, não enchem uma mão aqueles que “fazem frente” com os grandes cursos e investidores espalhados em todas as regiões do país. É outra realidade e muito poucos mantém salas grandes para cursos presenciais (para 100 a 150 alunos).

O futuro? EAD e presenciais se manterão ativos, sendo que estes últimos poderão se tornar “cursos gourmet”, para uma plateia reduzida e que esteja disposta a pagar mais por isso. Sabe o fim dos discos de vinil? E o fim dos livros impressos? Pois é, até hoje existem (e existirão) mesmo diante de toda as outras plataformas mais modernas. A verdade é que a experiência da aula presencial é única e muita gente ainda irá procurá-la, inclusive, nas gerações altamente tecnológicas.  Esta também é a opinião do meu amigo e prof. Daniel Sena, cujo tema conversamos dias atrás.

Sem mais, cursos preparatórios que já fecharam suas portas nos últimos anos no RS, especialmente, em Porto Alegre: Classe A, ADMI, ACM Concursos, CEJUR, Retorno Jurídico, Cursos Ferronato, Polux, Cooper, Márcia Oliveira, Beto Show,  Equipe Concursos, Grecco, Vade Mecum, CPS, Dinâmico, Central de Cursos e Concursos, Prof. Loiva, JusEnfoque, Universitário Lex, Escola Fórum, Veiga Juris, Jus Praemium, OABTube, Cetra, I9, as filiais do Marcato e Praetorium, etc, …

Esta realidade não é só no RS, mas em todos os Estados. Se você é daqui do RS e lembra de outros nomes que não existem mais ou estudou numa destas escolas, deixe o seu depoimento.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCA RÁPIDA

Visitantes

2.710.685 desejam passar na OAB e em Concursos

Redes Sociais

Agenda OAB

XXV Exame de Ordem Unificado

  • 23.01.2018

    Publicação do edital

  • 23.01.2018
    a
    02.02.2018

    Período de inscrições

  • 23.01.2018
    a
    02.02.2018

    Período de solicitação de isenção da taxa de inscrição

  • 05.03.2018

    Resultado definitivo da análise de solicitações de isenção da taxa

  • 08.03.2018

    Prazo limite para pagamento da taxa de inscrição

  • 02.04.2018

    Divulgação dos locais de realização da prova objetiva

  • 08.04.2018

    Realização da 1 ª fase (prova objetiva)

  • 08.04.2018

    Divulgação do gabarito preliminar da prova objetiva

  • 23.04.2018

    Resultado preliminar da 1ª fase

  • 24.04.2018
    a
    27.04.2018

    Prazo recursal contra o resultado preliminar da 1ª fase

  • 08.05.2018

    Divulgação do gabarito definitivo da 1ª fase

  • 08.05.2018

    Divulgação do resultado final da 1ª fase (prova objetiva)

  • 21.05.2018

    Divulgação dos locais de realização da prova prático-profissional

  • 27.05.2018

    Divulgação do padrão de resposta preliminar da prova práticoprofissional

  • 27.05.2018

    Realização da 2ª fase (prova prático-profissional)

  • 19.06.2018

    Divulgação do padrão de respostas definitivo e do resultado preliminar...

  • 20.06.2018
    a
    23.06.2018

    Prazo recursal acerca do resultado preliminar da 2ª fase

  • 03.07.2018

    Decisão dos recursos acerca do resultado preliminar e divulgação do...