Escolhendo a 2ª fase da OAB: o método funil

Compartilhe:

Época de inscrições para OAB, o que mais me perguntam nos cursos em que sou professor e aqui no blog é: professor, qual disciplina escolho para 2ª fase da OAB?

Primeiro, eu NÃO indico disciplinas para 2ª fase da OAB. Estou neste mundo desde 2005 e se tem algo que não faço é indicar X ou Y para 2ª fase. Sabe qual a razão? Esta escolha deve ser bem PESSOAL. Você me perguntaria: professor, qual dos meus contatinhos poderia ser meu crush ou namorado(a)? Não, né?!?

Quando se escolhe a disciplina da 2ª fase, você está literalmente CASANDO com a matéria que ficará CONFINADA contigo por cerca de 45 dias. Imagina você escolher algo que descubra não gostar e ficar todo este tempo, comendo, dormindo e respirando? IMPOSSÍVEL! Por isso, ninguém pode escolher para você a disciplina da sua prova final do Exame de Ordem. Assim, criei um método ou modelo de escolha. Lembre, ele foi se aperfeiçoando nestes 14 anos de preparação para OAB.

Professor, ele é infalível? SIM! Pois ele gera AUTORESPONSABILIDADE na escolha e influencia demais na preparação, trazendo quase sempre o benefício da aprovação. A partir deste método – só se a pessoa não entendeu ele ou burlou as regras – o processo de aprendizado gera motivação e o resultado é apenas consequência das escolhas. Por exemplo, se eu atender as regras e chegar a CIVIL, é porque meus estudos serão recompensados por um ESFORÇO NATURAL e DEDICAÇÃO PLENA, sem procrastinação usual quando se precisa estudar o que não gosta.

Sendo assim, as CHANCES DE APROVAÇÃO triplicam ou até quadruplicam em relação à escolha aleatória ou por indicações de terceiros ou quando se cai no conto de fadas de que a disciplina X ou Y é mais fácil ou tem menos conteúdo.

Então, sem maiores delongas, apresento o meu MÉTODO DO FUNIL, pois como todo funil, há um grande conteúdo para ser colocado num bocal pequeno, então o que preenche primeiro é o que importa. O verbo é afunilar. E como sempre, muita coisa é esparramada e não selecionada.

Siga estas instruções nesta ORDEM entre as 7 disciplinas:

1º – ELIMINE todas as disciplinas que você não gosta ou tem dúvidas se um dia gostaria dela;

2º – Vão sobrar 3 ou 4. Delas, reflita o seu passado acadêmico. Quais foram seus estágios? Quais disciplinas você se deu bem? Quais você poderia gostar a estudar de novo?

3º – Vão sobrar 2 ou 3. Pegue a última prova e/ou penúltima das disciplinas que sobraram. Passe os olhos sobre os enunciados da peça e questões e mentalize se você teria condições mínimas de respondê-las ou se você sabe que assuntos estão sendo abordados. Pergunte-se se caso você escolhesse a disciplina da prova analisada, você teria MUITA VONTADE de estudá-la pelo conteúdo e não apenas pelo resultado da aprovação. Se ainda tiver dúvidas, veja os espelhos de correção e analise se teria condições de responder o que a banca queria.

4º – Se ainda sobrar 2. Tanto faz será a sua escolha. Somente neste último nível ou estágio do FUNIL você poderá perguntar para outras pessoas se a disciplina X ou Y tem mais ou menos conteúdo, tem maior índice de aprovação, perguntar ao professor da disciplina quais os benefícios de escolher e os obstáculos, etc.

Porém, um AVISO: JAMAIS inverta a ordem, escolhendo disciplinas pelo conselho de terceiros logo no primeiro nível. Você precisa descobrir SOZINHO os níveis 1, 2 e 3. Peça ajuda somente no nível 4 e se precisar. Mesmo assim, filtre as indicações. P.ex., um professor de Tributário indicando Civil tem mais relevância do que o próprio professor tributarista indicando a sua matéria.

Muita gente fica apavorada porque não tem qualquer experiência antes ou mesmo não fez estágios ou se envolveu com as práticas da faculdade como gostaria. Não entrem em pânico, pois se fosse verdade que a falta de prática levaria à reprovação, hoje muito, mas muito poucos seriam aprovados. Como há livros especializados para preparação e cursos preparatórios, tem-se vencido esta batalha contra a falta de experiência.

E se para você não há qualquer sentimento diferente entre as disciplinas e não teve nenhum estágio antes para saber o que gosta ou deixa de gostar, a resposta fica mais fácil: então qualquer disciplina que você escolher estará de bom tamanho. É igual aquela clássica lição de ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS: se você não sabe para onde ir, qualquer caminho ou destino serve.

Professor, e um livro para 2ª fase, qual coleção escolher? Sem dúvida alguma a coleção abaixo. Muitos que escolheram disciplinas que não tinham qualquer experiência anterior foram aprovados com o apoio desta coleção COMPLETAÇO. Pois ela traz não só teoria, como passo-a-passo das peças, questões comentadas, peças comentadas, súmulas selecionadas, enfim, tudo o que precisa para enfrentar a prova da 2ª fase da OAB. As edições 2019 já estão à venda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *