Foi um exame da OAB do capeta!

Compartilhe:

Exame do Capeta

– Professor Marcelo Hugo, o que foi esta prova do XXI Exame da OAB???

– “Foi o exame do capeta!”

Não tenho outras palavras para defini-la. Considerando as palavras dos colegas, a FGV surpreendeu com este exame comparado com os outros dois deste ano de 2016.

Das 17 disciplinas, a grande maioria reclamou de enunciados mal redigidos, confusos e complexos, além de um grau de dificuldade extrema, conforme situamos a seguir.

Reparem que de 80 questões na prova, apenas 5 questões não envolviam situações hipotéticas, ou seja, de pergunta direta. O restante, muita paciência para interpretar o enunciado com diversos nomes e detalhes de 17 disciplinas tudo ao mesmo tempo. Realmente, é um exercício de grande atenção e tensão.

Vozes mais otimistas apontam que 10% foram aprovados com o gabarito de ontem. Ou seja, a reprovação foi geral.. Será que é uma “resposta” da OAB com a divulgação que no Brasil já temos mais de 1.000.000 de advogados? [saiba mais, leia aqui]. Não sei, mas que essa prova estava do capeta, isso ninguém me tira…

Já começaram a me perguntar se teremos questões anuláveis. É bem verdade, que muito poucos, talvez a margem de quem tenha acertado entre 37 a 39 seja a menor do ano, por isso, as esperanças já morreram ontem mesmo. Durante esta semana vamos avaliar as possibilidades não só dos nossos colegas como também em todos os portais e preparatórios. De qualquer modo, lembro que os últimos 3 exames (XX, XIX e XVIII) não tiveram anulações (não conto a reaplicação da prova em Salvador no XXº Exame, onde anularam 1). Também não foram provas como esta do XXIº Exame. Bem, você pode saber mais sobre as estatísticas de anulações, clicando aqui.

Continuo acreditando que, quem fica por 1 questão, não fica impedido de investir num curso da 2ª fase e na esperança de que haja anulação. Quem fica por 2 questões, pode guardar o $$ e tentar estudar por conta para uma 2ª fase. Quem fica por 3 ou mais? Escreverei ainda esta semana um tópico apenas para elas.

Se você foi aprovado, comemore, porque sinta-se privilegiado num grupo tão pequeno que conseguiu superar esta 1ª fase. Se você não foi aprovado, outras milhares também não foram e as possíveis razões estão acima comentadas.

[ATUALIZADO]

Link das questões anuláveis: clique aqui.

Sugestão para VENCER – FINALMENTE – O EXAME DA OAB? Clique nas capas abaixo e saiba mais a respeito.

Comentários

  1. Boa tarde, Prof. Marcelo!
    Eis meu dilema: estou aliviado com meus 41 acertos neste XXI Exame, mas muito preocupado sobre a colação de grau, vez que abdiquei da última disciplina, a monografia (cerca de apenas 1/3 pronta) pra investir no Exame. O prazo para depósito é 16/12. E agora, o que o senhor recomenda que eu priorize?? Abraços!!

    1. Caro amigo, priorize a monografia. Veja que a prova da 2ª fase será dia 22/1. Ou seja, vai ter muito tempo ainda para estudar. E, certamente, sua cabeça vai estar tranquila, vazia de outras obrigações. boa sorte!

  2. Nunca vi uma prova tão difícil como essa! Acho que a FGV esta fazendo prova para desembargadores, procuradores entre muitos, mas não para bacharéis em Direito. Pois nenhuma faculdade ou Universidade prepara seus alunos para um nível de prova dessas!!

  3. Boa noite! Gostaria de saber quem atingiu apenas 38 questões, qual a atitude a ser tomada, devo entrar com recurso ou esperar a OAB divulgar o resultado preliminar? Pergunto isso em virtude de possiveis anulações. Desde já agradeço.

    1. Jaiza, sugiro que vá acompanhando os sites e blogs para ter uma ideia de quantas e quais questões os professores estão levantando e são possíveis de anulação. Se estas questões te servem e você concordar com as alegações, pode seguir em frente para 2ª fase. O período para entrar com o recurso só com o resultado preliminar. bons estudos.

  4. Só digo isso: parem de mimimi. Fiz a prova em 1h e 35 min e acertei entre 55-60, pq refiz rapidamente a prova quando foi divulgada, já que não esperei pra levar o caderno. A verdade é que os estudantes estão cada vez mais fracos e a prova serve mesmo é pra filtrar. Que fique mais difícil mesmo. Se não passou nessa, estuda mais, tem várias pela frente.

  5. Lê esse post me deixou um pouco aliviada, estava me sentindo péssima, fiz 36 pontos, achei a prova bastante extensa, tive que lê e reler várias vezes a mesma questão, com isso perdi muito tempo , faltando uma hora para acabar a prova só havia respondido 50 questões, as sete ultimas eu tive que chutar, fiquei péssima, o que eles cobram é surreal, para quem acabou de sair de uma graduação que não existia provas com questões nesse nível, ou eles aumentam o tempo, o diminuem a quantidade de questões, já que a tendência é só aumentar o nível da prova. Hoje, o tempo que a pessoa gasta se preparando para passar em uma prova da oab é praticamente o tempo para passar em um concurso público.

    1. Carolina, infelizmente, tivemos esta prova. É lamentável esta situação. Estamos juntos, qualquer coisa que precise, é só gritar e obrigado pelo carinho. bons estudos.

  6. prova de metas da oab? pelo aparente indice de reprovação não serve como avaliação de conhecimento dos universitários e sim uma prova a nível de concursos para simplesmente reservar mercado ou garantir a próxima demanda “$$$$”, vai saber né.

  7. Gostaria de entender o por que dos meios de comunicação não divulgarem amplamente essa situação, estamos refens de um instituto inatingível, ele é soberano e mesmo estando cometendo ilegalidades não sofre nenhuma sanção. disse:

    Gostaria de entender o por que dos meios de comunicação não divulgarem amplamente essa situação, estamos refens de um instituto inatingível, ele é soberano e mesmo estando cometendo ilegalidades não sofre nenhuma sanção.
    Onde fica o direito do cidadão que paga R$ 240,00 para fazer uma prova e recebe um material mal elaborado, confuso, cujas respostas contrariam a própria legislação.
    Indecente e vergonhoso, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil deve ser chamado à responsabilidade, pois essa prova foi um desrespeito ao cidadão e tem que ser revista.
    O exame é necessário, porém deve ser desenvolvido por técnicos que tenham conhecimento dos assuntos abordados e tenham coerência na formulação das questões. Difícil acreditar que a prova a que fomos submetidos no domingo foi elaborada por profissionais da área, lamentável realmente uma tirania.
    Os formandos em Direito estão subjugados sem ter a quem recorrer, mesmo estando com a razão podem entrar com recurso que este não será conhecido e não adianta apelar, pois a resposta nunca virá.
    LEI EXISTE, MAS NÃO PARA OS BACHARÉIS EM DIREITO.

  8. Meninos….foi realmente amarga, cansativa e lastimavelmente confusa.Quem passou, parabéns….quem não passou não deve sentir_se derrotado…..Uma hora dará certo a aprovação….o segredo é não desistir….e estudar…..

  9. Vc acha que existe alguma possibilidade de troca de gabarito? pergunto, pois fiz 41 (por um milagre divino, já que é o terceiro exame que faço) e estou preocupada com essa possibilidade, pois no exame de março/2016, se não me falha a memoria, houve correção de gabarito… Obrigada

  10. Mas essa Letícia é muito grossa mesmo. Se você passou com 60 ou 80 questões, as pessoas estão pouco se lixando. Você não fez mais que a sua obrigação. Agora isso não te dá o direito de julgar as pessoas, suas capacidades ou o quanto estudaram. Aprenda a ter mais empatia, mais respeito com o próximo. E muito cuidado que o mundo gira. Hoje vc está no topo, mas amanhã…

  11. To prestando o exame desde o XIX, sempre batendo na trave! Em todos, inclusive esse, encontro grandes dificuldades. Acredito que cada um tem a sua hora e se realmente foi falta de estudo só a pessoa sabe, mas se não foi, acho

  12. mas se não foi, acho que agora é o momento de se afastar de comentários maldosos, dar um tempo pra relaxar e tentar de novo

  13. Comprei o curso do CERS mas só assisti Ética, pq nào houve tempo pra estudar outras disciplinas, pois estou cursando último período na Faculdade…acertei 8 das 10 de ética.Acertei 40 no total.Mas realmente o grau de dificuldade foi maior e faltou objetividade.

  14. Nunca a FGV foi tão cruel! Uma prova sem a menor capacidade para bacharéis! Nada dentro do formato das anteriores, misturaram matérias em um pergunta…espalharam o terror!

  15. Gostaria de deixar aqui meu comentario para essa pessoa que está a desfazer das pessoas que não passaram nessa prova do cão, que se diz que fez 60 pontos,é bom não se esquecer que tem ainda segunda fase, eu particularmente sempre me dei muito bem na primeira fase e ficava sempre nessa margem ,mas chegava segunda fase e por conta do nervosismo não passava,portanto,fica a dica……sempre é bom um pouco de humildade.

  16. Esta Leticia é uma idiota, parece que só ela se esforçou pra esta prova, deveria ser mais humilde, saiba que mesmo pra você ainda não acabou, ainda tem a segunda fase querida.e esta é na pratica, quero ver.

  17. Esta tal de Leticia é uma grossa mesmo, parece que só ela se esforçou para este exame devia ser mais humilde, mesmo pra você ainda não acabou, ainda tem a segunda fase, e é na pratica, ai vamos ver…..

  18. Professor marquei o cartão resposta com x ao invés de pintar a letra. Serei eliminado acertei 41 questões.

  19. A Letícia deve ser super dotada de inteligência, ou fumou o cigarrinho do capeta.
    – Fez a prova em 1. 35hs.
    – Acertou 60 questões
    – É veio a publico humilhar todos os demais examinado

    Essa Letícia é de uma inteligência excepcional, Advogada pra ela é nada. Deveria fazer exame pra Ministro do STF com com seus acessorados.

  20. Professor Marcelo, como a primeira fase a prova foi do capeta, existe uma tendência que na segunda fase a prova venha mais acessível?

  21. Boa tarde.
    A prova da OAB tem que existir e tem que aumentar o nível sim de dificuldade.
    Eu passei com 56 pontos, e não tinha me matado de estudar não, só conteúdo da facu.
    Tem um monte de bacharel vagabundo que tá levando ferro. Vou contratar alguns, p ser meu motorista, jardineiro, e limpador da minha mesa do escritório. O mundo é dos mais fortes, lei natural da natureza e mercado.kkkk

  22. Boa tarde.
    A prova da OAB tem que existir e tem que aumentar o nível sim de dificuldade.
    Eu passei com 56 pontos, e não tinha me matado de estudar não, só conteúdo da facu.
    Tem um monte de bacharel vagabundo que tá levando ferro. Vou contratar alguns, p ser meu motorista, jardineiro, e limpador da minha mesa do escritório. O mundo é dos mais fortes, lei natural da natureza e mercado.kkkk

  23. Essa Letícia deve uma pessoa super dotada como já foi dito pelos colegas acima, mas na verdade não passa de uma idiota que vem até aqui humilhar quem não passou, mas eu digo uma coisa, pessoas como essa imundície só quebram a cara lá na frente e nunca irão conseguir nada…

  24. Você acha que o fato dessa prova passada ter sido tão difícil interfere em algo na dificuldade da próxima?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *